Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governo estuda comprar vacinas do Uruguai e Chile

Os dois países compraram mais imunizantes do que realmente precisam e poderiam realizar negócios com o governo brasileiro

Por Robson Bonin Atualizado em 19 abr 2021, 10h41 - Publicado em 19 abr 2021, 07h28

Criado no Itamaraty para tocar ações contra a pandemia, o comitê de saúde estuda, entre outras medidas, ampliar a oferta de vacinas no Brasil a partir da aquisição de doses extras do Chile e Uruguai.

Os dois países compraram mais imunizantes do que realmente precisam e poderiam realizar negócios com o governo brasileiro.

Leia também:

  • Com mais doses da Fiocruz e insumo para o Butantan, vacinas devem avançar.
  • Os países que conseguiram reduzir a curva de mortes pelo covid nos últimos 3 meses. 
  • Covid-19: cresce em 27% o número de vacinas em fase final de estudos.
  • 894 milhões de doses de vacinas para Covid-19 já foram administradas.
  • Mubadala muda foco para investir em tecnologia e se aproximar da China.
  • Credor quer interromper pagamento de indenizações a delatores da Odebrecht.
Publicidade