Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Eduardo Bolsonaro quer alterar decreto das armas assinado pelo pai

Exigência da "efetiva necessidade" o incomoda

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) pretende facilitar ainda mais o acesso às armas no país.

Ele quer retirar tanto no Estatuto do Desarmamento como do decreto de posse de armas assinado pelo pai presidente da República a expressão e exigência de “efetiva necessidade” do cidadão.

Por esse expediente, a pessoa precisa provar que, de fato, necessita ter uma pistola em casa.

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Jose Roberto de Lima Machado

    NEGATIVO!…em um pretenso Estado Liberal,não só econômico,antecedentes e habilitação são suficientes.

    Curtir

  2. Ricardo Scacabarossi

    Sou contra a retirada da exigência! O cidadão deve sim justificar a real necessidade de ter uma arma em casa ou no comércio! É a política de segurança pública que deve efetivamente melhorar e não armar a população. Não queremos que nosso pais vire um bangue-bangue!!

    Curtir