Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Discussão adiada

Antes da sessão administrativa do CNJ de anteontem, Lúcio Munhoz e Jorge Hélio Chaves travaram uma conversa constrangedora. Segundo relato de conselheiros que presenciaram o diálogo, Jorge Hélio foi duro ao questionar o colega sobre a proposta de proibir a divulgação dos nomes de juízes sob investigação. Disse ele: – Estou esperando o momento em […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 10h22 - Publicado em 26 out 2011, 16h21

Antes da sessão administrativa do CNJ de anteontem, Lúcio Munhoz e Jorge Hélio Chaves travaram uma conversa constrangedora. Segundo relato de conselheiros que presenciaram o diálogo, Jorge Hélio foi duro ao questionar o colega sobre a proposta de proibir a divulgação dos nomes de juízes sob investigação. Disse ele:

– Estou esperando o momento em que, durante este mandato, o senhor apresente uma proposta para ampliar ou otimizar as competências do CNJ.

Emparedado, Munhoz até levou o projeto para a sessão. Mas decidiram suspendê-la por ora.

Publicidade