Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deltan vai mesmo ser retirado do comando da Lava-Jato — entenda

Procurador será punido, mas não ficará na chuva

Deltan Dallagnol será mesmo retirado do comando da Operação Lava-Jato. O Conselho Nacional do Ministério Público topou fazer o serviço encomendado por uma ala de senadores e ministros do STF.

Pelo plano, deflagrado com a apresentação de representação pela senadora Kátia Abreu, Deltan será punido, mas não ficará na chuva.

O procurador-geral da República Augusto Aras estuda convidá-lo a chefiar uma força-tarefa de combate ao narcotráfico — bem longe de Curitiba.

A ideia inicial era tentar levar Deltan para Brasília, onde ele atuaria na própria PGR. Mas os defensores dessa saída foram logo convencidos pelos adversários de Deltan de que sua presença poderia causar problemas com o STF.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. José Carlos Fagundes

    Na minha opinião Deltan Dallagnol não deve aceitar. Chefiar uma força-tarefa de combate ao narcotráfico é presente de grego. Não é difícil entender a intenção do PGR e de uma ala de senadores e alguns ministros do STF: tirar para o resto da vida o sossego de Deltan e família. Quiçá, jogá-lo aos monstros dos narcotráfico para um desfecho desastroso.

    Curtir

  2. Jose Paraense

    Futuro Ministro do STF.

    Curtir