Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Apex-Brasil ainda sofre com ‘herança maldita’ de Ernesto Araújo

O ex-chanceler blogueiro queria colocar um cupincha na Diretoria de Negócios da agência, mas o nome foi rejeitado por falta de currículo

Por Robson Bonin Atualizado em 6 abr 2021, 09h32 - Publicado em 6 abr 2021, 15h30

O ex-chanceler Ernesto Araújo estava tão convicto de que não seria demitido por Jair Bolsonaro do Itamaraty, que já ensaiava colocar um dedo na Apex-Brasil, retirando da Diretoria de Negócios o diplomata Augusto Pestana.

Interlocutores da cúpula da agência dizem que Araújo tinha um apadrinhado e chegou a indicá-lo, mas o nome acabou reprovado pelo Conselho Deliberativo da agência por não reunir currículo para o cargo, deixando a diretoria acéfala.

Publicidade