Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ao menos 40 pessoas que estiveram com Bolsonaro testam negativo para Covid

Hoje completa uma semana que presidente anunciou ter sido contaminado pelo vírus

Por Evandro Éboli - Atualizado em 14 jul 2020, 11h07 - Publicado em 14 jul 2020, 10h23

Uma semana após o anúncio feito por Jair Bolsonaro de que está infectado pelo coronavírus, não apareceu uma pessoa que tenha tido contato com o presidente – entre dezenas – e que também esteja contaminado.

Logo que Bolsonaro tornou público que testou positivo para a Covid-19 foi um tal de ministros, empresários, parlamentares, dirigentes de futebol e até o embaixador dos Estados Unidos, que se encontraram com ele, correrem para fazer o teste. Vários entraram em quarentena por conta própria.

ASSINE VEJA

Vacina contra a Covid-19: falta pouco Leia nesta edição: os voluntários brasileiros na linha de frente da corrida pelo imunizante e o discurso negacionista de Bolsonaro após a contaminação
Clique e Assine

Pelo menos até agora — uma boa notícia! –, quarenta dessas pessoas já anunciaram que testaram negativo. Ou seja: ninguém que esteve com o presidente, seja em audiência e eventos no Palácio do Planalto ou em visitas aos estados de Minas Gerais e Santa Catarina, e que tornou público o exame, testou positivo.

Os deputados que estiveram com o presidente chegaram a fazer fila no serviço médico da Câmara na última terça-feira. Alguns deputados não se contiveram apenas em informar que não se contaminaram. Coronel Armando (PSL-SC)  gravou um vídeo e Rogério Peninha Mendonça (MDB-SC) exibiu nas suas redes sociais o papel com o resultado do exame.

Continua após a publicidade

Depois que seu exame deu negativo, o deputado Fábio Ramalho (MDB-MG) fez até brincadeira: “O presidente não contamina ninguém não. Guardou o vírus para ele”.

 

Publicidade