Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Investigado no STF, deputado bolsonarista ‘receita’ cloroquina a mineiros

Junio Amaral (PSL-MG) diz que enviou ofício para as 853 prefeituras do estado recomendando o tratamento

Por Evandro Éboli - Atualizado em 16 jul 2020, 12h19 - Publicado em 16 jul 2020, 10h30

Alvo de dois inquéritos no STF — fake news e atos antidemocráticos –, o deputado Junio Amaral (PSL-MG) decidiu se arriscar em outro campo, o da medicina. Amaral não é médico, claro, mas não vê problema em sair pelas redes dando sugestões aos leitores sobre medicamentos para o tratamento de Covid-19.

Em um vídeo, ele anunciou que enviou ofício ao governador de Minas, Romeu Zema, à Secretaria de Saúde estadual e a 853 prefeituras mineiras recomendando o uso da hidroxicloroquina e azitromicina.

ASSINE VEJA

Vacina contra a Covid-19: falta pouco Leia nesta edição: os voluntários brasileiros na linha de frente da corrida pelo imunizante e o discurso negacionista de Bolsonaro após a contaminação
Clique e Assine

Amaral conta que é uma experiência de sucesso no Pará, que tem dado certo, segundo ele, e orienta os cidadãos mineiros a cobrarem esse tratamento nas cidades. Que perigo.

 

Publicidade