Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Paraná Por VEJA Correspondentes Política, negócios, urbanismo e outros temas e personagens paranaenses. Por Guilherme Voitch, de Curitiba

A seu pedido, Sergio Moro é exonerado do cargo na UFPR

Juiz comunicou sua decisão de deixar a Universidade Federal do Paraná, onde dava aulas de Processo Penal, no começo de março

Por Guilherme Voitch Atualizado em 30 jul 2020, 20h32 - Publicado em 16 mar 2018, 12h15

O Diário Oficial da União (DOU) traz, na sua edição de quinta-feira (15), a exoneração do juiz Sergio Moro do cargo de professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Moro deixa de lecionar na instituição por decisão própria, conforme revelado no começo do mês.

Em 2016, o juiz chegou a tirar uma licença de uma ano da instituição para se dedicar à operação Lava Jato. Com o final da licença ele decidiu não retornar à UFPR, onde dava aulas de Processo Penal. A portaria que oficializa o afastamento é assinada pelo pró-reitor de Gestão de Pessoas, Douglas Ortiz Hamermuller.

Moro tem dito a amigos que pretende encerrar sua participação na Lava Jato ainda este ano. Uma das possibilidades é que ele aceite o convite de alguma universidade americana para estudar em 2019.

Continua após a publicidade

Publicidade