Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O capitão brinca com fogo

O risco que ele corre

Quando presidente, acuado por denúncias de corrupção, Fernando Collor convocou seus apoiadores para ocuparem as ruas com camisas verde amarelas no dia 7 de setembro de 1992, dois anos e meio depois de ter sido empossado.

Poucos o fizeram, talvez por vergonha ou talvez porque tivessem algo melhor a fazer durante o feriado. Em compensação, multidões foram às ruas naquele mesmo dia vestidas com camisetas pretas. Ali, Collor começou a cair. Cairia três meses depois.

Neste momento, a situação do presidente Jair Bolsonaro ainda está longe de poder ser comparada com a de Collor. Por ora, é Flávio, o filho dele, o investigado por ter comprado imóveis no Rio a preços subavaliados para revendê-los a preços superavaliados.

Mas nem isso impediu Bolsonaro de estimular seus devotos a convocarem manifestações a seu favor para o próximo domingo dia 26. Se quisesse, poderia tê-los impedido. Bastaria um post seu no Twitter em sentido contrário para deter o movimento.

E se as manifestações não reunirem tanta gente? E se elas forem menores do que as que aconteceram na semana passada contra o corte de verbas para a Educação? Essas atraíram mais de dois milhões de pessoas em cerca de 220 cidades grandes e pequenas.

E se multidões forem às ruas na mesma data vestidas com camisas pretas? Novas manifestação de opositores do governo estão agendadas para o próximo dia 30. Por que o governo deveria a essa altura submeter-se ao teste das ruas? As pesquisas desaconselham.

Se o teste lhe desfavorecer, não diga Bolsonaro mais tarde que nada teve a ver com isso. Ou que não foi avisado.


OUÇA OS PODCASTS DE VEJA

Nesta semana, a surpreendente história de Hamilton Mourão, o vice destoante da República.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. André Liberdade de Expressão é meu direito CF Art Quinto

    Tivemos(e ainda temos) os idotas úteis da esquerda e agora os tapados inúteis da “direita”. Vai ser outro tiro no pé!

    Curtir

  2. Jose Paraense

    Sr Noblat, para.com.isso!. Quem brinca com fogo são alguns congressistas e oposição que não pensam no país. Tudo está passando dos limites e a população está sim com o Presidente. Não torça pelo pior, salvo se V.Sa. torce pelo pior.

    Curtir

  3. O presidente messias segue jogando quirera para as galinhas cacarejantes, que alternam o olhar entre a mão lançadora e o chão que recebe os grãos. Fora disso, nada há para essas criaturas.

    Curtir

  4. Otavio Tallarico

    Um problema é : Se Jair não mobilizar uns 5 milhões, ele vai passar, ao Congresso, a impressão que o povo não está mais com ele… Pior ainda, se não houver aliados “suficientes” nas ruas em contrapartida a uma grande massa-bovina da esquerdistas-mortadela que poderão estar nas ruas neste domingo… Aí, pessoal, o dia seguinte vai ser beeeeem pior que hoje. : – (

    Curtir

  5. Das Problem kann und wird nicht gelöst werden.

    Curtir

  6. Bitte geben Sie eine gültige Postleitzahl ein.

    Curtir