Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

10 coisas que você deve evitar comer antes de viajar de avião

Se você não quer vis o banheiro a cada dez minutos ou virar 'persona non grata' para seus vizinhos de cabine, veja o que evitar antes de seu próximo voo

Avião passageiros

Se viajar de avião já é desconfortável quando estamos nos sentindo 100%, voar com algum desconforto é uma experiência que não recomendo a ninguém.

Para ser sincera só me lembro de passar muito mal durante um voo apenas uma vez. Comi alguma coisa que não caiu bem e, momento confissão, tive que apelar às aeromoças para poder furar a fila do banheiro, que estava enorme.

Apesar de este ter sido um caso extremo, já tive alguns outros voos desagradáveis, todos causados por alguma coisa que havia comido antes, ou mesmo durante a viagem.

Na minha última volta ao Brasil, por exemplo, pedi uma refeição sem gluten e me arrependi até o último fio de cabelo. Além de a comida ser totalmente sem sabor, veio um frango que por algum motivo não me desceu. Passei metade das dez horas de voo enjoada e mal consegui dormir (o que para mim é uma raridade em aviões). Lição aprendida.

Verdade seja dita, já deveria há tempos seguir as orientações de especialistas que recomendam jejum durante voos longos. Não apenas para evitar situações incômodas e desagradáveis durante a viagem, mas também para evitar os efeitos do jet lag.

De acordo com um estudo publicado pela revista “Science”, o ideal para amenizar o sofrimento causado pelo jet lag é fazer jejum por pelo menos 16 horas.

Segundo os cientistas, a luz é responsável por fazer funcionar nosso relógio biológico, que controla quando comemos e quando dormimos. Mas, de acordo com eles, um “segundo” relógio é capaz de atropelar o outro quando nosso corpo percebe a falta de alimentos.

Portanto eles acreditam que “manipular” este segundo relógio (fazendo jejum) é uma maneira de fazer o corpo se ajustar mais rápido ao novo fuso horário.

Resumidamente, fazendo nosso corpo acreditar que não há alimento nos deixará acordados e alertas até que seja a hora de receber comida novamente no destino final.

Nunca fiz o teste para comprovar se ajuda mesmo. Mas com a qualidade da comida nos aviões nem chega a ser um sacrifício tão grande assim ficar em jejum… Mesmo porque muitas vezes a gente come aquela comida simplesmente porque ela está ali, porque nem fome temos.

Mas se você não quer ter que pedir passagem ao seu vizinho para ir ao banheiro a cada dez minutos na sua próxima viagem de avião ou passar pelo constrangimento de ver os comissários passando sprays com neutralizadores de odores ao seu lado (sim, já presenciei uma cena destas após cheiros bizarros irem e virem na cabine ), é bom evitar alguns alimentos ou bebidas.

Seja por causarem gases, desconforto intestinal, enjoos, inchaço ou desidratação, esta é a lista de comidas e bebidas que você deve evitar no dia em que vai viajar:

1. Bebidas com gás

Comidas que você deve evitar antes de viajar de avião

Se quando estamos em terra firme elas já deixam nossa barriga estufada e podem causar gases, imagine numa cabine pressurizada a 11 mil metros de altitude? Basta pensar que você está ingerindo todo aquele gás e irá ficar parado horas e horas. De alguma maneira ele tem que sair, né? Se você optar com um refrigerante com cafeína então, pior ainda. Além de atrapalhar aquela soneca, pode fazer com que você tenha mais necessidade de ir ao banheiro. E ainda pode te dar azia.

2. Feijões

Feijão

Não estou nem falando de uma feijoada completa, apenas de um inocente feijão na hora do almoço para acompanhar aquele arrozinho branco fresquinho… Pois é, saiba que ele pode ser uma bomba-relógio se você for viajar de avião mais tarde. Como eles são de difícil digestão, podem acabar te deixando não só com gases mas também com o estômago distendido e uma sensação incômoda. Deixar o feijão de molho durante a noite, antes de cozinhá-lo ajuda, mas melhor evitar né? Isso serve também para lentilhas, repolho, cebola e até brócolis.

3. Frituras

Molho de abóbora e chocolate no McDonalds do Japão

Sei que pouca gente resiste a uma porção de fritas. Sei também que achar opções gostosas e saudáveis em aeroportos é difícil. E também que o que a gente come em aeroporto e avião não conta (hahaha, brincadeira). Mas evitar frituras é fundamental antes de voar. Isso porque além de causarem azia por conta do alto teor de gordura, elas geralmente são ricas em sódio, o que pode causar retenção de líquidos, desconforto abdominal e inchaço. E, de acordo com médicos que participaram do Congresso Cardiovascular do Canadá, em 2012, frituras podem prejudicar a circulação de maneira quase imediata quando o corpo está num ambiente pressurizado.

4. Álcool

Para muita gente fazer um voo longo sem uma(s) dose(s) de álcool é praticamente inconcebível. Ajuda a relaxar, a dormir, a esquecer o medo de voar. Eu sou do time “uma tacinha de vinho” é fundamental. Mas o ideal para se ter uma viagem de avião confortável e saudável é evitar álcool. O motivo é simples: ele desidrata. Para piorar, como o ar na cabine dos aviões é muito seco a desidratação pode ocorrer de maneira muito mais rápida a 11 mil metros de altura. Ou seja, se você, como eu, não dispensa aquela tacinha de vinho, beba muita água.

5. Maçã

Quer lanche mais prático e saudável que uma maçã? Pois é, não se você estiver prestes a viajar de avião… Isso porque esta inocente frutinha é rica em sorbitol, um tipo de açúcar presente em diversas frutas, como também peras, pêssegos, ameixas e cerejas, que causa gases e tem efeito laxante. Além disso o sorbitol pode ajudar na retenção de líquidos e dar dores na barriga. Sentiu onde mora o perigo?

6. Pimenta

Aprenda cultivar pimentas e preparar uma conserva

Todo cuidado é pouco quando se trata de comidas apimentadas. Além de causar desconforto intestinal, muitas vezes comidas apimentadas podem ter efeito laxante em algumas pessoas. Ou seja, se você não quer ser o rei do banheiro durante seu próximo voo, deixe para apimentar as coisas quando chegar ao seu destino final.

7. Laticínios

Aquele café com leite enorme na cafeteria do aeroporto ou um sorvete bem cremoso podem até parecer uma boa ideia antes do voo mas podem causar bastante desconforto durante a viagem. Isso porque tanto o leite como seus derivados possuem um tipo de açúcar chamado de lactose que pode ser de difícil digestão e causar desconforto estomacal e gases.

8. Café

Xícara de café

Eu sei que é difícil, especialmente para quem adora um café como eu. Mas vamos combinar que as companhias aéreas até colaboram com a gente neste sentido, já que café de avião é sempre muito ruim e tem gosto de água suja… Fato é que, assim como as bebidas alcólicas, a cafeína ajuda a desidratar, o que é potencializado quando estamos no avião. Além disso, bebidas com cafeína podem provocar dor de cabeça, insônia e até mexer com o nosso batimento cardíaco.

9. Chiclete

Goma de nicotina

Mascar chiclete durante o voo pode até ajudar a não dar dor de ouvido, mas por outro lado pode dar gases. Isso porque, ao mascá-lo você acaba ingerindo mais ar do que o normal, causando eventualmente gases e distensão abdominal. Se quiser manter o hálito fresco, opte por uma balinha.

10. Salgadinhos

Difícil resistir àqueles saquinhos de amendoim ou pretzels que as empresas aéreas oferecem, né? Especialmente porque em alguns voos eles são a única “refeição” gratuita oferecida. Mas da próxima vez que pegar um voo, evite comer coisa muito salgadas. Isso porque a grande quantidade de sal pode causar retenção de líquidos e, consequentemente desidratação, já que a falta de líquidos no corpo desacelera o processo digestivo, o que gera distensão abdominal.

E você, já teve alguma emergência durante um voo por conta de algo que comeu?

 

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Não viajo frequentemente de avião, mas, felizmente, nunca passei por apuros deste tipo. Tenho estômago de avestruz e como até pedra…rsrsrs… Ficar em jejum por 16 horas? Nem pensar…. rsrs… só em pensar em jejuar já me dá fome…. Quanto à comida de avião, fazer o quê? Ela está ali….eu aqui… sem outra coisa a fazer…rsrs

    Curtir