Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Meus Livros Por Blog Um presente para quem ama os livros, e não sai da internet.

Cassandra Clare impulsiona vendas da Record na Bienal

A escritora americana Cassandra Clare, autora da série ‘Os Instrumentos Mortais’ O Grupo Record comemora saldo positivo na 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo neste final de semana. Entre sexta e domingo, o conglomerado editorial — são mais de dez selos — viu a venda de livros aumentar em 86% em comparação com […]

Por thiagoabril Atualizado em 31 jul 2020, 03h12 - Publicado em 26 ago 2014, 13h58

Tarja-Bienal-do-Livro-original

A escritora americana Cassandra Clare, autora da série 'Os Instrumentos Mortais'

A escritora americana Cassandra Clare, autora da série ‘Os Instrumentos Mortais’

O Grupo Record comemora saldo positivo na 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo neste final de semana. Entre sexta e domingo, o conglomerado editorial — são mais de dez selos — viu a venda de livros aumentar em 86% em comparação com os primeiros quatro dias da edição de 2012, superando em 110% o faturamento do mesmo período.

ENTREVISTA: Cassandra Clare se diz fã do ‘mago’ Paulo Coelho

O destaque do final de semana foi a escritora americana Cassandra Clare, que esteve presente no evento para duas sessões de autógrafo. Entre os dez títulos mais vendidos pelo grupo na Bienal, sete são da autora da série Os Instrumentos Mortais. Cassandra Clare, lançada no Brasil pelo selo Galera Record, veio dos Estados Unidos para duas sessões de autógrafos no evento. No total, Cassandra atendeu 1.800 fãs.

As brasileiras Paula Pimenta e Carina Rissi também aparecem no ranking do grupo, enfatizando o predomínio de escritoras femininas entre os livros mais vendidos na Feira. Completando a lista, aparece o único nome masculino da relação, os de John Green & David Levithan, autores do romance Will & Will – Um Nome, Um Destino.

Continua após a publicidade
Publicidade