Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Me Engana que Eu Posto Por Coluna A verdade por trás de manchetes falsas que se espalham pela internet. Editado por João Pedroso de Campos.

Vídeo de apoio a Bolsonaro não é de diretor de VEJA

Legenda publicada no Facebook diz se tratar de "Augusto Blat". O homem que aparece no vídeo não tem esse nome, nem qualquer relação com a revista

Por Da Redação Atualizado em 7 ago 2018, 21h04 - Publicado em 7 ago 2018, 20h58

Um vídeo em que um homem declara apoio a Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República, circula no Facebook com uma legenda que o atribui falsamente a “Augusto Blat”, apontado por internautas ora como “diretor”, ora como “comentarista” de VEJA.

O vídeo é verdadeiro, isto é, o homem que aparece nas imagens declara, de fato, apoio a Bolsonaro. A informação de que ele é um profissional de VEJA, identificado com esse nome, contudo, é falsa. Nem o homem que aparece na gravação, nem ninguém com o nome de Augusto Blat têm qualquer relação com VEJA.

Quem assume a autoria do vídeo compartilhado em redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas é um usuário do Facebook que se apresenta como Ival Dias da Gama, profissional de marketing de São Paulo.

Ele tem mais de 7.000 seguidores no Facebook e não respondeu ao pedido de entrevista da equipe do Comprova enviado por mensagem privada na rede social. Ival publicou o vídeo em 31 de julho, um dia após a participação do presidenciável Jair Bolsonaro, do PSL, no programa Roda Viva, da TV Cultura. O vídeo original, que alcançou quase 700 mil visualizações, foi deletado pelo autor nesta terça, 7 de agosto, mas continua circulando por outros perfis na rede social e no WhatsApp.

Na segunda-feira, 6 de agosto, Ival escreveu, na mesma rede social, que o vídeo feito por ele foi “atribuído a uma pessoa que sequer existe”.

A publicação acompanha uma captura de tela do site Boatos.org, quem primeiro fez a verificação desse vídeo.

A checagem de fatos publicada acima foi feita dentro do projeto Comprova, lançado para combater notícias falsas nas eleições, e envolveu VEJA e o jornal Folha de S. Paulo. Outros sete veículos que integram a iniciativa concordaram com o processo e a conclusão da apuração: UOL, Poder360, piauí, O Estado de S. Paulo, Gazeta do Povo, Gazeta Online e O Povo. O Comprova é composto por 24 veículos de comunicação brasileiros. 

O leitor pode sugerir ao projeto boatos e notícias falsas a serem desmentidos, por meio do WhatsApp, no número (11) 97795-0022. O Me Engana que Eu Posto também recebe sugestões pelo aplicativo de mensagens, no número (11) 9 9967-9374.

Continua após a publicidade

Publicidade