Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Me Engana que Eu Posto Por Coluna A verdade por trás de manchetes falsas que se espalham pela internet. Editado por João Pedroso de Campos.

Não foi o jovem Moro quem escreveu. Foi a Coca-Cola

Mensagem engrandecedora e otimista atribuída ao juiz federal foi retirada de um comercial da marca de bebidas

Por João Pedroso de Campos Atualizado em 6 dez 2017, 20h42 - Publicado em 26 Maio 2017, 20h11

Ao julgar e condenar políticos e empresários poderosos envolvidos no esquema de corrupção na Petrobras, o juiz federal Sergio Moro se tornou um ídolo para muitos. Fãs já fizeram vigílias pelo magistrado em frente ao prédio da Justiça Federal do Paraná, em Curitiba, quando se noticiou que ele fora ameaçado, uma página no Facebook foi criada para que Moro receba manifestações de apoio, artistas já interromperam shows para saudá-lo na plateia e… foram inventadas notícias falsas que o pintam como uma figura quase santa.

O criativo responsável pelo site Sociedade Oculta, recentemente fichado no Me Engana que eu Posto pela criação de uma notícia falsa sobre o jogo Baleia Azul, está entre os mais entusiasmados membros do fã-clube de Sergio Moro. Foi ele quem, nesta semana, inventou e disseminou uma mensagem engrandecedora e otimista que teria sido escrita pelo magistrado em um blog há 20 anos, em 1997.

Intitulada “Passado de Sergio Moro surpreende o Brasil – Veja o que ele foi capaz de escreve [sic.] em um blog”, a farsa foi compartilhada nada menos que 394.000 vezes.

Leia abaixo (e tente não rir):

Sergio moro [sic.], [sic.] É [sic.] a personalidade de maior destaque atualmente na mídia hoje, Mas [sic.] uma notícia de seu passado deixou todos surpresos. Hoje ele é o nome mais comentado nas redes sociais, segundo divulgou [sic.] estudos do data folha Sp [sic.], e tamanha fama despertou o interesse de curiosos, sobre quem foi Sergio Moro no Passado [sic.], Veja [sic.] abaixo, continue lendo.. [sic.]

Tamanha admiração não é em vão, além do brilhante trabalho que vem exercendo em favor da honestidade e da honra política no Brasil, ele também é um exemplo de ser humano.

Desde sua adolescência no interior do Paraná, ele fora envolvido com obras de caridade cristãs, passava seu sábado auxiliando na cozinha de um restaurante comunitário para os pobres, além das ações nas inúmeras madrugadas frias, ao sair na [sic.] rua distribuindo cobertor para os flagelados com as baixas temperaturas do Paraná, chuva, geada e até neve, não eram obstáculos para o jovem moro [sic.]. Agora veja no fim da matéria, oque [sic.] ele escreveu há mais de 20 anos atrás [sic.].

Nessa epoca [sic.] , ele era um adolescente, que poderia estar em baladas, bares ou outros pontos de diversão, mas preferia dedicar-se a estudos e ajuda humanitária.

Foi nesse período que ele publicou uma foto, com um belo texto. Leia abaixo e se emocione.

ATENÇÃO: Texto escrito por MORO, há mais de 17 anos em seu Blog pessoal.

“Para cada pessoa dizendo que tudo vai piorar, existem 100 casais planejando ter filhos.

Para cada corrupto, existem 8 mil doadores de sangue.

Enquanto alguns destroem o meio ambiente, 98% das latinhas de alumínio já são recicladas no Brasil.

Na internet a palavra AMOR tem mais resultados que a palavra medo.

Continua após a publicidade

Para cada muro que existe no mundo, se colocam 200 mil tapetes escritos “seja bem vindo”.

Enquanto um cientista desenha uma nova arma, há 1 milhão de mães fazendo bolo de chocolate.

Existem razões para acreditar.

“Os bons são maioria”.

Eu acredito na força do bem! Vibrem o bem, e somente no BEM!”

Fonte: Sergio Moro – 1997 – Fonte Times – Blogger Google, família Moro

Além das nove agressões à Língua Portuguesa e sua correta grafia nas breves cinco linhas do “cabeçalho” da notícia falsa, entre outros erros espalhados no texto, a mensagem atribuída a Moro simplesmente não é de sua autoria, mas de publicitários a serviço da Coca-Cola.

Sim, esse texto foi veiculado nos vídeos da campanha “Razões para acreditar. Os bons são maioria”, que foi ao ar em 2011. Veja abaixo:

As únicas diferenças entre o texto atribuído a Sergio Moro e a campanha da Coca-Cola são a inclusão das frases “para cada muro que existe no mundo, se colocam 200 mil tapetes escritos ‘seja bem vindo’” e “enquanto um cientista desenha uma nova arma, há 1 milhão de mães fazendo bolo de chocolate”, criadas pela mente fértil por trás do Sociedade Oculta, e a exclusão das frases “para cada tanque fabricado no mundo, são feitos 131 mil bichos de pelúcia” e “para cada arma que se vende no mundo, 20 mil pessoas compartilham uma Coca-Cola”, veiculadas no comercial ao som da música Whatever, da banda britânica Oasis.

Outro ponto da mentira, que poderia levar o leitor a crer que a mensagem foi, de fato, escrita por Moro, é a foto do magistrado quando jovem publicada junto ao texto. “Nessa epoca [sic.] , ele era um adolescente, que poderia estar em baladas, bares ou outros pontos de diversão, mas preferia dedicar-se a estudos e ajuda humanitária. Foi nesse período que ele publicou uma foto, com um belo texto. Leia abaixo e se emocione”, convida a lorota.

Acontece que, em 1997, data da suposta publicação, Sergio Moro tinha 25 anos e já era juiz federal há um ano. Segundo informa seu currículo publicado na plataforma acadêmica Lattes, ele foi aprovado no concurso em 1996.

 

Agora você também pode colaborar com o Me engana que eu posto no combate às notícias mentirosas da internet. Recebeu alguma informação que suspeita – ou tem certeza – ser falsa? Envie para o blog via WhatsApp, no número (11) 9 9967-9374.

Continua após a publicidade
Publicidade