Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Filho de ministro do TSE é barrado por estar sem paletó

Filho do ministro Napoleão Maia estava vestido de jeans e camiseta polo

Por Edgar Maciel - Atualizado em 9 jun 2017, 17h09 - Publicado em 9 jun 2017, 13h29

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Napoleão Nunes Maia Filho se ausentou da sessão desta sexta-feira por alguns minutos para acudir o filho, que foi proibido de entrar no plenário por não estar com a vestimenta adequada — ele trajava  calça jeans e camiseta polo, enquanto os tribunais superiores definem como norma o uso de paletó e gravata. Ele foi retirado pela segurança do salão que dá acesso ao auditório onde acontece a audiência. O ministro saiu do plenário para encontrar o filho na entrada privativa. A informação foi confirmada pela a assessoria do TSE.

Filho de ministro é barrado no TSE
Filho do ministro Napoleão Nunes Maia é barrado na entrada do Tribunal Superior Eleitoral por não estar vestido de paletó e gravata, exigência do tribunal para acesso ao plenário Foto/Reprodução

 

Publicidade