Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O peso dos hábitos nos casos de câncer

Dados do Inca mostram que 3 em cada 10 casos de câncer estão associados a fatores ambientais como tabagismo, obesidade e exposição solar

Dados divulgados neste mês pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostram que 3 em cada 10 casos da doença no Brasil estão associados a fatores ambientais como tabagismo, excesso de bebida alcoólica, sedentarismo, obesidade e exposição solar sem proteção. Mas acredito que esse número seja ainda maior: de 60% a 80% dos casos.

Estudos internacionais já indicam que fatores ambientais aumentam o risco de desenvolvimento de tumores de pulmão, mama, colo de útero, ovário, colorretal, boca, faringe, laringe, rim, bexiga, pâncreas, pele, melanoma, entre outros.

Início de hábitos prejudiciais

É na infância e na adolescência que hábitos prejudiciais à saúde começam. Por isso, é fundamental que ações de prevenção sejam feitas com foco nessa população. Sabemos que 90% dos fumantes começaram a fumar antes dos 19 anos de idade e mais de 50% dos etilistas começaram a beber também nessa faixa etária. Além disso, os números referentes a obesidade infantil são alarmantes.

A Organização Mundial de Saúde estima que mais de 41 milhões de crianças menores de cinco anos sejam obesas ou tenham sobrepeso em todo o mundo. Na faixa etária entre 5 a 19 anos, são 123 milhões de pessoas com excesso de peso, segundo a OMS.

Crianças saudáveis tornam-se adultos mais saudáveis. É importante que pais estejam conscientes que a dieta baseada em alimentos ultra processados, com excesso de sal e açúcar, é muito prejudicial para os seus filhos. O cuidado com a alimentação deve começar desde o nascimento com o aleitamento materno.

A dieta rica em frutas, legumes e vegetais deve ser mantida em todas as fases da vida. A alimentação adequada aliada à prática regular de atividade física traz benefícios para a saúde e previne não somente o câncer, mas diversas outras doenças.

O papel do HPV

Alguns tumores também estão associados à infecção por subtipos do vírus HPV. Este vírus é transmitido sobretudo pela relação sexual. O uso de preservativo e a vacina contra o HPV, que está disponível na rede pública para meninas e meninos, evitam a infecção por este vírus e, consequentemente, diminuem o risco de desenvolvimento de câncer de colo de útero, orofaringe, pênis e ânus.

Novos casos de câncer

O Inca estima que neste ano ocorram 582.000 novos casos de câncer. O de maior incidência será o de pele não melanoma, com 165.580 novos casos. E esse número poderia ser bem menor se a prevenção com o uso do protetor solar fosse feita com regularidade pela população. As queimaduras solares ocorridas durante a infância e adolescência também aumentam o risco de melanoma, o tipo mais grave de câncer de pele. Por isso, a proteção deve ser adotada desde cedo.

Os dados do Inca ainda mostram que o câncer de maior incidência nas mulheres, excetuando os casos de câncer de pele não melanoma, será o de mama (59.700), e nos homens será o de próstata (68.220). Assim como qualquer tumor, estes quando diagnosticados precocemente têm mais chances de cura. E para isso a população precisa ter um melhor acesso na rede pública a consultas médicas e aos exames de rastreamento. Do mesmo modo, programas de informação e educação de continuada de pais e filhos será fundamental para evitar os tumores.

 

Quem faz Letra de Médico

Adilson Costa, dermatologista
Adriana Vilarinho, dermatologista
Ana Claudia Arantes, geriatra
Antonio Carlos do Nascimento, endocrinologista
Antônio Frasson, mastologista
Artur Timerman, infectologista
Arthur Cukiert, neurologista
Ben-Hur Ferraz Neto, cirurgião
Bernardo Garicochea, oncologista
Claudia Cozer Kalil, endocrinologista
Claudio Lottenberg, oftalmologista
Daniel Magnoni, nutrólogo
David Uip, infectologista
Edson Borges, especialista em reprodução assistida
Fernando Maluf, oncologista
Freddy Eliaschewitz, endocrinologista
Jardis Volpi, dermatologista
José Alexandre Crippa, psiquiatra
Ludhmila Hajjar, intensivista
Luiz Rohde, psiquiatra
Luiz Kowalski, oncologista
Marcus Vinicius Bolivar Malachias, cardiologista
Marianne Pinotti, ginecologista
Mauro Fisberg, pediatra
Miguel Srougi, urologista
Paulo Hoff, oncologista
Paulo Zogaib, medico do esporte
Raul Cutait, cirurgião
Roberto Kalil, cardiologista
Ronaldo Laranjeira, psiquiatra
Salmo Raskin, geneticista
Sergio Podgaec, ginecologista
Sergio Simon, oncologista

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Le ballon de gym est multifonction et accessible.

    Curtir