Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Holofote Por Silvio Navarro Os personagens que estão no centro do poder. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Alvo da PF, governador do RN ‘reina’ na Assembleia

Presos pela Polícia Federal trabalham com Robinson Faria há três décadas

Por Silvio Navarro Atualizado em 15 ago 2017, 16h42 - Publicado em 15 ago 2017, 13h12

Robinson Faria (PSD), governador do Rio Grande do Norte, alvo da Operação Anteros da Polícia Federal, comandou com mão de ferro a Assembleia potiguar durante mais de uma década — foi presidente da Casa de 2003 a 2010. Nesse período, segundo as investigações, foi montado um esquema de desvio de recursos públicos por meio de uma folha de pagamentos a servidores fantasmas. Também houve caso de nepotismo cruzado entre Poderes. As apurações começaram em 2015 na Operação Dama de Espadas. Os dois presos nesta terça-feira têm ligações históricas com Robinson Faria: Adelson Freitas dos Reis trabalha no gabinete do governador e passou décadas na Assembleia ao lado dele; e Magaly Cristina da Silva atuou por 30 anos ao lado de Faria — inclusive, em seus negócios privados. No Estado, Faria é conhecido pelo reinado no Legislativo local.

Publicidade