Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Jornal Nacional mostra panelaço, mas depois…

O Jornal Nacional desta terça-feira mostrou um pouco do panelaço feito pelos brasileiros durante o programa do PT na TV. Ótimo. Era tudo que o PT não queria. Mas depois… Bem, depois (ou antes, não sei) repetiu uma estupidez que pode parecer distante, menor, quase irrelevante, mas não é. É, na verdade, uma das causas da ascensão […]

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 01h28 - Publicado em 6 Maio 2015, 00h10

Captura de Tela 2015-05-05 às 23.06.43O Jornal Nacional desta terça-feira mostrou um pouco do panelaço feito pelos brasileiros durante o programa do PT na TV.

Ótimo. Era tudo que o PT não queria.

Mas depois…

Bem, depois (ou antes, não sei) repetiu uma estupidez que pode parecer distante, menor, quase irrelevante, mas não é.

É, na verdade, uma das causas da ascensão do PT ao poder: a demonização do pensamento conservador.

Reproduzo, na íntegra, a matéria internacional, com destaque para a última frase:

Captura de Tela 2015-05-05 às 23.09.54“O ex-governador do Arkansas Mike Huckabee anunciou nesta terça-feira (05) a intenção de disputar a candidatura do Partido Republicano às eleições presidenciais americanas do ano que vem. É o sexto a entrar na corrida pela vaga do partido.

Huckabee já tentou ser o candidato em 2008, mas perdeu pro senador John McCain. Nos últimos anos, ele comandou um programa semanal na televisão.  Mike Huckabee é considerado ultraconservador.

É uma aberração jornalística essa frase.

“Considerado” por quem, Jornal Nacional? Só se for pela esquerda, é claro.

Só se for por Arnaldo Jabor, que já chamou os republicanos até de “homens-bomba americanos”.

Continua após a publicidade

Noticiar como informação sobre alguém a caricatura feita por seus adversários políticos e intelectuais é o anti-jornalismo propriamente dito.

O programa da Globo comprova mais uma vez a minha tese de que, para a imprensa brasileira, não existe mais direita no mundo: só direita radical, extrema-direita, direita fanática, ultraconservadora etc.

A apresentadora não apontou um só motivo pelo qual o candidato mereceu o rótulo de “ultra”, atribuído igualmente a Ted Cruz pela Folha de S. Paulo, como mostrei aqui.

Dizer que é um republicano porque não quer passar o resto da vida pobre, esperando o governo resgatá-lo, faz de Huckabee “ultra” alguma coisa? Prometer que, em seu governo, o inferno vai congelar antes que o Irã construa uma bomba nuclear, também?

Conservador para o editor William Bonner é quem? FHC? José Serra? Aécio Neves?

Francamente.

O Jornal Nacional, assim, acaba merecendo panelaço também.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=iCueO9fSDXs?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=620&h=349%5D

* Relembre aqui no blog:
Enfim, um candidato “ultraconservador” para a imprensa
Para Jabor, “Perigo vermelho” no (…) dos outros é refresco
Esquerda x Direita: Entenda de uma vez

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade
Publicidade