Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O mistério da máscara assombra o casarão ainda sem nome

Lula ainda está tentando aprender como se diz Pittsburgh em inglês. Celso Amorim convalesce do chilique na ONU com o pijama expropriado da Varig. Marco Aurélio Garcia espera ao lado de telefone a próxima ordem de Hugo Chávez. A trinca de estrategistas envolvidos na Operação Honduras foi momentaneamente desativada. Se é assim, cumpre à mais […]

Lula ainda está tentando aprender como se diz Pittsburgh em inglês. Celso Amorim convalesce do chilique na ONU com o pijama expropriado da Varig. Marco Aurélio Garcia espera ao lado de telefone a próxima ordem de Hugo Chávez. A trinca de estrategistas envolvidos na Operação Honduras foi momentaneamente desativada. Se é assim, cumpre à mais criativa equipe de comentaristas da internet tratar de duas urgências vinculadas ao casarão em Tegucigalpa que hospeda a tropa do presidente sem país a presidir.

A primeira é providenciar a certidão de batismo da criatura nascida do cruzamento de Hugo Chávez com mucamas da vizinhança. Como se deve chamar a coisa surgida no lugar onde funcionava a embaixada do Brasil? O nome provisório é Pensão Zelaya. Fica por conta de vocês a escolha do definitivo. A segunda urgência é devendar o mistério que assombra o casarão: por que os acampados deram de usar máscaras cirúrgicas o tempo todo?

O gerente diz que, sem o adereço,  a nação já estaria chorando a partida do herói popular e seus 50 voluntários da pátria, todos massacrados pela mistura de gás lacrimogêneo hondurenho e raios mortais disparados por agentes de Israel. Como nem Lula acredita nessa, é preciso descobrir o que está acontecendo. Medo da gripe suína? A falta de banho tornou o ambiente irrespirável? Alguém encontrou na despensa um carregamento de lança-perfume e resolveu antecipar o carnaval? Ou só cobriram parte do rosto para assaltar a pizzaria da esquina?

Vocês decidem.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Ixmael

    Paulo Sérgio, às 23:15
    Não posso ver um velório sem chorar.
    E desempate é comigo. Arriba !

    Curtir

  2. Comentado por:

    Ixmael

    Augusto, em off
    ou um comentário ou outro.
    Tenho uma reputação a zelar.
    Foi mal. TKS

    Curtir