Clique e assine a partir de 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lula será o n° 13 do bloco dos engaiolados

Todo brasileiro decente tem o dever de festejar a ausência dos ex-parlamentares que passarão o Carnaval na cadeia

Por Augusto Nunes - Atualizado em 13 fev 2018, 13h19 - Publicado em 13 fev 2018, 11h15

Além de alegrar-se com o que verá nas ruas do país neste Carnaval de 2018, todo brasileiro decente tem o dever de animar-se com o Bloco dos Ausentes Involuntários. Não darão as caras em público, por exemplo, os ex-parlamentares Sérgio Cabral, Gim Argello, Eduardo Cunha, Antônio Palocci, João Rodrigues, Cândido Vacarezza, Paulo Maluf, Pedro Corrêa, Luiz Argôlo, Henrique Eduardo Alves, Geddel Vieira Lima e André Vargas. Dois ex-senadores e dez ex-deputados federais.

A esse grupo, logo se juntará Luiz Inácio Lula da Silva. O 13° (uma justa homenagem ao PT, identificado nas urnas por esse número) fez parte da Câmara dos Deputados de 1987 a 1991. Mas ficará na história como o primeiro presidente da República engaiolado por corrupção.

Publicidade