Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Leitor fiel

“Na política, não há limites para os ataques. Foi difícil acordar de manhã e ler os jornais cheios de mentiras”. Orlando Silva, afastado do Ministério do Esporte por ter excedido a cota de maracutaias, durante a discurseira no congresso nacional de uma certa União da Juventude Socialista, confessando que, em vez de ler as verdades […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 08h39 - Publicado em 11 jun 2012, 23h14

“Na política, não há limites para os ataques. Foi difícil acordar de manhã e ler os jornais cheios de mentiras”.

Orlando Silva, afastado do Ministério do Esporte por ter excedido a cota de maracutaias, durante a discurseira no congresso nacional de uma certa União da Juventude Socialista, confessando que, em vez de ler as verdades publicadas pela imprensa dependente e pelos blogueiros amestrados, faz questão de ler diariamente as mentiras publicadas pela mídia golpista.

Publicidade