Clique e assine com 88% de desconto

A depressão na era da internet

O drama do youtuber Whindersson Nunes, que teve um esgotamento, ilumina um problema atual: a saúde psíquica em tempo de redes sociais

Por Da Redação - Atualizado em 15 jul 2019, 13h55 - Publicado em 13 jul 2019, 11h00

Em um mundo imerso nas redes sociais, não é difícil notar o alto número de youtubers que sofrem de depressão ou ansiedade. Não há uma explicação definitiva para o fenômeno, nem como afirmar o que é causa e o que é efeito no que parece ser uma indagação do público em geral: por que tantos youtubers têm ansiedade e depressão ou, ao avesso, por que tantas pessoas que sofrem de ansiedade e depressão se tornam youtubers?

Um bom modo de mapear a depressão na era da internet é através do entendimento da cabeça das figuras públicas, começando pelo superstar do Youtube brasileiro, Whindersson Nunes. Com 36 milhões de inscritos em seu canal, ele está entre os maiores do Brasil. O youtuber chegou a fazer 20 shows por mês, tem programa no Multishow e virou estrela de cinema.

Com esse crescimento, veio uma consequência grave: teve o que é chamado de burnouto esgotamento profissional de caráter psíquico. Nas redes sociais, comoveu o país ao admitir sua depressão, antes de se recolher e não comentar mais sobre o assunto. Em entrevista exclusiva à VEJA, ele revelou o que realmente aconteceu durante esse período.

 

Publicidade