Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Twitter dá primeiro passo para abrir seu capital na bolsa

Microblog pede autorização a órgão regulador dos EUA para realizar oferta pública inicial de ações (IPO)

O Twitter anunciou nesta quinta-feira que enviou ao órgão regulador do mercado financeiro americano (Securities and Exchange Commission, SEC, a comissão de valores mobiliários americana) documentos para uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). “Nós confidencialmente apresentamos um S-1 para o planejamento de um IPO”, escreveu a empresa em seu perfil oficial no microblog.

Leia também:

No Brasil, fundador do Twitter garante: “Facebook não me preocupa”

Twitter, sete anos: 200 milhões de usuários. E um grande desafio

Nos últimos anos, a empresa recebeu quase 1 bilhão de dólares em financiamento de fundos de investimentos e de bancos, como o Morgan Stanley. Jeff Bezos, fundador da Amazon e mais novo proprietário do jornal americano Washington Post, está entre os investidores do serviço.

Criado em março de 2006 por Biz Stone, Evan Willians e Jack Dorsey, o Twitter conta com mais de meio bilhão de usuários cadastrados e atualmente está avaliado em mais de 10 bilhões de dólares. Desde sua fundação, estima-se que o microblog tenha recebido ofertas de aquisição de Google e Facebook, resistindo a todas elas. Atualmente, 400 milhões de tuítes são postados diariamente.

Entrevista: “Hashtag é a fogueira da era digital”, diz executivo do Twitter

O anúncio do Twitter ocorreu catorze meses após a abertura de capital do Facebook na Nasdaq, a bolsa do setor de tecnologia. Na época, foram oferecidas 421 milhões de ações, com valor unitário fixado em 38 dólares. Ao arrecadar cerca de 16 bilhões de dólares, o Facebook teve seu valor de mercado elevado para 104 bilhões de dólares.