Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Receita do Google cresce 22% em um ano e chega a US$ 16 bi

Resultados do segundo trimestre superaram expectativas de analistas

O Google teve lucro líquido de 3,42 bilhões de dólares (4,99 dólares por ação) no segundo trimestre de 2014, crescimento de 5,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Ao apresentar os resultados, nesta quinta-feira, o gigante das buscas informou que sua receita avançou 22% em um ano, alcançando 15,96 bilhões de dólares no trimestre. O resultado superou as expectativas dos analistas.

Leia também:

Dilma e presidente da China lançam “Google chinês”

Google lança relógios inteligentes e apresenta Android para TVs e carros

A publicidade exibida em sites do Google geraram uma receita de 10,9 bilhões ou 69% do total, alta de 23% em relação ao segundo trimestre de 2013. Os sites de parceiros foram responsáveis por 21% da receita total, cerca de 3,4 bilhões de dólares. A empresa informou no balanço que a maior parte da receita continua a vir de fora dos Estados Unidos: no período, ela chegou a 9,33 bilhões de dólares ou 58% do total.

No segundo trimestre, o custo por clique dos anúncios do Google caiu 6% em relação ao mesmo período do ano passado, o que mostra que a empresa ainda passa por dificuldades para monetizar os anúncios exibidos em dispositivos móveis. Durante a conferência de resultados, porém, os executivos do Google afirmaram que existe “uma grande oportunidade de receita nos dispositivos móveis e eles devem se tornar mais lucrativos que os desktops no futuro”.

“O Google teve um grande trimestre. Nós estamos avançando em relação aos produtos e animados em continuar a oferecer uma ótima experiência de usuários, com uma visão focada no longo prazo”, disse Patrick Pichette, CFO do Google, em comunicado. Há alguns trimestres o Google reporta crescimento anual de receita superior a 20%. Nesta quinta-feira, as ações da companhia caíram 1,66% no pregão, mas subiam 2,27% na negociação após o fechamento.

(Com Estadão Conteúdo)