Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Quatro tecnologias que decolaram com a ajuda da corrida espacial

De próteses às comidas a vácuo, elas foram criadas para astronautas, mas hoje são usadas no mundo todo

• Trajes especiais
No último dia 15, a Nasa, a agência espacial americana, apresentou novos trajes para os astronautas que vão embarcar em futuras missões à Lua (foto). Entre outras evoluções, as roupas são capazes de resistir a temperaturas entre -121 graus e 121 graus e oferecem proteção e oxigênio aos exploradores em caso de acidentes que possam despressurizar a nave.

• Monitores de saúde
Os astronautas da missão Apollo que seguiram em direção à Lua ficaram conectados a um sistema de sensores que enviava em tempo real informações sobre pressão sanguínea, temperatura corporal e frequência cardíaca, entre outros indicadores. Essa tecnologia foi adaptada depois para o monitoramento hospitalar e passou a ser utilizada no mundo inteiro.

• Comida a vácuo
Como cuidar da nutrição dos astronautas era um dos dilemas dos responsáveis pelo planejamento nos Estados Unidos das primeiras missões da Nasa. Havia dúvidas se os exploradores conseguiriam ingerir alimentos sólidos no espaço. A solução encontrada foi desenvolver a tecnologia de embalagem a vácuo da comida.

• Próteses
A fabricação de membros artificiais ganhou um impulso considerável graças às pesquisas da Nasa. Com o objetivo de facilitar a vida dos astronautas nas missões realizadas no espaço, a agência fez um grande esforço para desenvolver materiais mais resistentes e flexíveis. Posteriormente, eles foram incorporados aos moldes utilizados na produção de próteses.

Publicado em VEJA de 23 de outubro de 2019, edição nº 2657