Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O melhor amigo dos candidatos do Enem: um app

AppProva, parceiro de VEJA na preparação para a prova federal, lança novo aplicativo — mais leve, mais seguro e com novas questões para treinamento

Não há mais desculpas para deixar para depois o estudo para o Enem – nem mesmo uma conexão ruim com a internet, ou a falta dela, é motivo. O AppProva, parceiro de VEJA na preparação para a prova federal, acaba de lançar uma nova versão de seu aplicativo com exercícios e simulados: o app tem interface mais amigável, é mais “leve”, exigindo menos da conexão com a internet, e oferece mais testes. Ele já está disponível para download nos sistemas Android e iOS (Apple) e pode ser baixado e usado gratuitamente.

Leia mais:

Simulado VEJA.com-AppProva: o Enem com método

“O app foi completamente reformulado. Do ponto de vista do uso, ele é mais intuitivo, as telas são mais claras e simples para que os usuários se concentrem no que realmente importa: os testes. Do ponto de vista técnico, produzimos um arquivo mais leve, reduzindo a dependência da conexão 3G”, diz Rafael Luiz, head de relacionamento do AppProva. “Com essas inovações, queremos que o app seja o aliado mais próximo dos estudantes na jornada do Enem.”

Com o app mais enxuto, o estudante conseguirá responder o simulado até três vezes mais rápido do que antes, diz Rafael. Na prática, o aplicativo exige menos da conexão de dados dos usuários. Isso significa que, mesmo que o estudante não esteja em uma área de cobertura de wi-fi, ele conseguirá seguir usando o app de maneira satisfatória via 3G.

Um exemplo da reengenharia por trás do app ajuda a explicar como isso é possível. “Nos simulados, as imagens exibidas em questões serão carregadas no celular: assim, o estudante poderá continuar usando o app ainda que sua conexão com a rede não seja boa”, diz Rafael.

O novo app é uma “prata da casa”. Foi inteiramente desenvolvido dentro do AppProva, uma startup estabelecida há três anos em Belo Horizonte. O trabalho exigiu dedicação de 15 profissionais diretamente ligados ao projeto, mas contou com a colaboração de toda a empresa, que já conta com 50.

Não menos importante do que o redesenho técnico e visual é o conteúdo. O sistema já contava com 20.000 questões, às quais foram acrescentadas 4.000 novas, sempre seguindo o padrão Enem. Já a notas dos estudantes nos simulados, a serem realizados durante o ano, serão calculadas utilizando-se o mesmo método do Enem: a teoria da resposta ao item (TRI). Para usar o app, basta se cadastrar e começar a usar. É possível fazer testes de todas as disciplinas em ordem aleatória ou escolher uma matéria.

Até hoje, mais de 360.000 estudantes já usaram o AppProva em dispositivos móveis. Mais de 1 milhão já acessaram a plataforma, contando celulares, tablets e desktops.

Telas AppProva Telas AppProva

Telas AppProva (/)