Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Moradores do Vale do Silício reclamam de barulho dos testes de carros elétricos da Apple

De acordo com a emissora CBS, habitantes da cidade de Sunnyvale, na Califórnia, estão sendo importunados com sons estranhos durante o dia e até de madrugada

Nem tudo é privilégio para os moradores dos arredores do Vale do Silício, na Califórnia, especialmente na pequena cidade de Sunnyvale. De acordo com reportagem da CBSpublicada na noite desta quarta-feira, um edifício secreto no qual a Apple estaria fazendo testes de seu carro elétrico está causando dor de cabeça para a vizinhança, que reclama de barulhos estranhos ao longo do dia e, principalmente, de madrugada.

À CBS, residentes dos arredores do misterioso edifício da companhia, com sede localizada em Cupertino, a apenas cinco quilômetros de Sunnyvale, disseram que frequentemente ouvem sons parecidos com pedaços de metais colidindo e roncos de motor.

Ainda segundo a emissora americana, seguranças da Apple podem ser vistos rondando os bairros. O repórter da CBS, Len Ramirez, conta que estava em frente ao prédio da Apple, em Sunnyvale quando um segurança lhe abordou e perguntou o que ele estava fazendo ali. A empresa ainda não se pronunciou sobre os barulhos que têm sido constantemente alvo de reclamação dos moradores.

Por debaixo dos panos, assim como todos os testes e futuros lançamentos de seus produtos, a Apple tenta entrar no mercado de veículos eletrônicos, atualmente dominado pela Tesla, empresa do bilionário Elon Musk. De acordo com o Wall Street Journal, no ano passado a Apple realizou reuniões com departamento de trânsito da California para efetuar testes nas ruas e, segundo a publicação americana, o projeto de carro elétrico da companhia já tem data de lançamento para 2019.

Imagem do suposto carro elétrico desenvolvido pela Apple Imagem do suposto carro elétrico desenvolvido pela Apple

Imagem do suposto carro elétrico desenvolvido pela Apple (/)

Leia mais:

Bill Gates mantém título de americano mais rico em ranking da Forbes

Apple supera Google e volta a ser a marca mais valiosa do mundo

(Da redação)