Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Microsoft lança Windows Phone para bater Google e Apple

Sem previsão de chegar ao Brasil, é a nova aposta no mercado de smartphones

De olho nos avanços de Google e Apple no mercado de smartphones, a Microsoft apresentou nesta segunda-feira, em Nova York, o Windows Phone 7. O novo sistema operacional, que estará à venda inicialmente nos EUA, na Europa e na Ásia, chega atrasado mas com a habitual estratégia de iniciar um confronto no segmento.

Sem o mesmo fascínio que toma conta das coletivas de imprensa da Apple, a Microsoft divulgou as primeiras marcas que irão comercializar o aparelho com o sistema operacional. Ao todo, serão nove smartphones fabricados por Samsung, Dell, HTC e LG. Os novos smartphones chegam à Europa e à Ásia no próximo dia 21, e aos EUA apenas em novembro. Ainda não há previsão de alcançar o mercado brasileiro.

Windows Phone 7 Windows Phone 7

Windows Phone 7 (/)

Os novos modelos são integrados com programas populares da Microsoft, como Xbox LIVE, Microsoft Office Mobile, Zune, Windows Live e Bing. Para Steve Ballmer, presidente da companhia, o diferencial é o foco na experiência do usuário e “no que as pessoas realmente querem usar em um telefone”.

Nova aposta – O Windows Phone 7 é considerado a grande aposta da gigante de softwares para começar a ampliar seu terreno no mercado de telefonia móvel. O Windows Mobile, atual sistema da empresa, é alvo de críticas e já foi ultrapassado por concorrentes como o iOS (Apple), Android (Google), Symbian 3 (Nokia) e BlackBerry OS 6 (BlackBerry).

A expectativa em torno do produto é tão grande que, no mês passado, funcionários da empresa promoveram o enterro simbólico do iPhone na sede da companhia, em Redmond (EUA). O encontro bizarro – uma cópia do clipe Thriller, de Michael Jackson – marcou a conclusão do sistema operacional e mostrou o desejo da empresa em renascer em um mercado tão competitivo.

No entanto, ainda não há motivos para festa. Segundo pesquisa da consultoria Gartner divulgada em maio, o Windows tem apenas 5% do mercado global de smartphones. O Symbian continua sendo o sistema operacional mais usado em celulares, com 44,3% do mercado, seguido por Blackberry, Android e iPhone.