Clique e assine a partir de 9,90/mês

Linkedin: dicas para se destacar na rede profissional

Segundo pesquisa da rede social, brasileiros típicos não estão em busca de emprego, mas estão abertos a oportunidades. Confira dicas de como se destacar na rede social

Por Da Redação - 15 jun 2015, 18h06

Uma pesquisa feita pelo Linkedin, rede social que conecta perfis profissionais, mostrou que o Brasil é o país que mais possui talentos que a empresa denomina como “passivos” (77% do total). Ou seja, pessoas que não estão (ao menos de forma ativa) em busca de emprego, mas que ingressam no site para se abrir a propostas. O levantamento contou com a participação de 20 000 profissionais de 29 países, sendo 660 brasileiros.

Leia também:

Vice-presidente do Linkedin fala sobre a expansão dos negócios no Brasil

Linkedin anuncia compra do site educativo Lynda.com por US$ 1,5 bilhão

Continua após a publicidade

Em época de crise – no último trimestre, a taxa de desemprego alcançou a marca de 8%, de acordo com o IBGE -, VEJA.com destaca dicas de como aparecer mais no Likedin. E, assim, aumentar as chances de conquistar um novo emprego.

Confira as sugestões passadas pela equipe do Linkedin:

(Da redação)

Publicidade