Clique e assine a partir de 9,90/mês

Licença de atuação do Google na China não tem data para aprovação

Por Da Redação - 7 jul 2010, 10h35

O pedido do Google para renovar sua licença na China está atualmente em avaliação, mas não tem prazo estipulado para término, afirmou um membro do governo nesta quarta-feira.

“A avaliação anual do Google está em curso”, disse à Reuters Wang Lijian, chefe do setor de propaganda no Ministério da Tecnologia da Informação e Indústria (MTII). Ele apontou que o pedido do Google foi “relativamente tardio” e que não tem conhecimento de quando os resultados serão divulgados.

Na semana passada, a empresa de buscas afirmou que interromperia o direcionamento automático de usuários para seu site de buscas em Hong Kong, após Pequim indicar que não renovaria a licença da companhia caso a prática fosse mantida.

O direcionamento acontece toda vez que um usuário do site acessa o endereço Google.cn. Ao clicar em qualquer ponto da página, ele é levado para o site Google.com.hk, onde não há censura. Procedimento que irritou o governo chinês.

Este é o mais recente desdobramento em uma série de reviravoltas que ocorreram desde que o Google alertou em janeiro que poderia deixar o país. Os motivos principais da declaração foram os receios quanto à censura, além do ataque sofrido por hackers chineses. A China é o maior mercado mundial de internet por número de usuários, o que deve fazer com que a empresa considere suas ações para continuar com sua licença de atuação.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade