Clique e assine a partir de 9,90/mês

Jogo sobre universo de Harry Potter sairá em português

'Book of Spells' contou com colaboração de J.K. Rowling e chegará simultaneamente aos EUA e à América Latina, diz gerente-geral da Sony

Por Renata Honorato, de Los Angeles - 11 jun 2012, 11h14

O Wonderbook, uma base que funciona como acessório para o PlayStation 3, chega ao mercado no segundo semestre, anunciou a Sony na E3, a maior feira de games do mundo. Com o novo aparelho chega também o Book of Spells, um “livro-jogo” escrito por J.K. Rowling, que explora o universo de Harry Potter. O novo trabalho de Rowling, que desta vez se apoia na tecnologia da realidade aumentada, terá lançamento simultâneo em todas as Américas e chegará ao Brasil, em português, às vésperas do Natal. Quem conta a novidade é Mark Stanley, gerente-geral da Sony para América Latina, em entrevista ao site de VEJA. “Esta será uma nova maneira de engajar os jovens através de um recurso imersivo capaz de mudar a experiência de contar histórias”, diz o executivo. Stanley recebeu a reportagem no stand na Sony, no Los Angeles Convention Center, onde foi realizada, na semana passada, a E3. Durante a conversa, ele conta por que a companhia japonesa não anunciou o PlayStation 4, fala sobre a iniciativa de levar jogos para os celulares e diz que o tricampeão brasileiro de F-1 Ayrton Senna, morto em 1994, pode ser o grande responsável pelo sucesso dos games de corrida no Brasil. Confira a entrevista a seguir:

Veja também:

Cobertura completa da E3

Como funciona o Book of Spells, para Wonderbook, no PlayStation 3

Continua após a publicidade
Mark Stanley, gerente-geral da Sony para América Latina
Mark Stanley, gerente-geral da Sony para América Latina VEJA

O acessório Wonderbook e o livro digital Book of Spells, de J.K. Rowling, serão lançados no Brasil? O Wonderbook é um novo periférico que vai funcionar como leitor digital para o PlayStation 3. Ele vai usar o Move, o sensor de movimento do console, para explorar recursos de realidade aumentada e seu principal objetivo é engajar um novo público. O primeiro título, o Book of Spells, foi baseado na saga de Harry Potter, e é fruto de uma parceria de J.K. Rowling com a Sony. Ele estará disponível no Brasil, em português, no mesmo dia em que será lançado nos Estados Unidos. Ainda não fechamos uma data, mas isso deve acontecer no segundo semestre.

Por que a Sony preferiu não mostrar absolutamente nada sobre o PlayStation 4 na E3? Essas especulações não acontecem à toa, já que existem companhias anunciando novos consoles. E isso é ótimo, já que estamos começando aqui uma nova geração de videogames. A nossa diferença, contudo, é que criamos um aparelho para durar muitos anos e o PlayStation 3 é um exemplo perfeito. Lançamos o PS3 há seis anos e na época nos questionaram sobre todos os recursos que ele possui, como Blu-ray, disco rígido, entrada USB, wireless e bluetooth. Todas essas tecnologias estão no nosso dia a dia agora. E quem comprou o PlayStation 3 lá no início teve acesso a esses recursos em primeira mão. Temos adicionado muitos conteúdos à PSN e isso dá poder para o PlayStation continuar no mercado por, pelo menos, mais três anos. O que vale lembrar é que só agora os videogames da atual geração estão sendo explorados em sua totalidade de processamento.

E quando deve acontecer o anúncio desse novo videogame? Não posso dar essa informação agora, mas posso dizer que uma ótima equipe de profissionais está trabalhando no que será o nosso próximo console. Não sei se vamos anunciar esse aparelho no ano que vem, mas garanto que sempre teremos novidades a caminho para transformar a experiência do jogador.

Quais serão as grandes novidades da Sony para os próximos meses? A nossa mensagem neste ano está totalmente focada no conteúdo, portanto teremos ótimos jogos chegando ao PlayStation 3, como The Last of Us e God of War: Ascension. Estamos nos esforçando para localizar esses jogos para os idiomas locais e podemos dizer que vários títulos serão lançados simultaneamente em todas as Américas.

Continua após a publicidade

Qual a importância do Brasil para a divisão de games da Sony? O Brasil sempre foi muito importante para a divisão PlayStation e estamos estudando onde investir mais no país. Temos um programa de incubadoras para desenvolvedores de games, fomos um dos primeiros a apostar forte na localização de títulos, estamos trabalhando com o governo para rever tributos, a fim de permitir que mais e mais brasileiros tenham acesso ao console. Quando lançamos a PSN no Brasil, no ano passado, recebemos milhares de inscrições nos primeiros dias e essa base continua crescendo dia a dia. Esse é um meio importante para oferecermos produtos para os usuários brasileiros.

Qual a importância da convergência de plataformas para a divisão PlayStation? Atualmente, mais e mais pessoas têm usado tablets, smartphones, portáteis e notebooks. Claro que a experiência varia de plataforma para plataforma, por causa do poder de processamento e do tamanho de tela. Mas esse é um caminho que queremos explorar. Por isso que anunciamos nesta E3 o PlayStation Mobile, um serviço que oferece jogos de PlayStation nos dispositivos Android. Essa é uma importante parte da nossa estratégia: permitir que mais pessoas tenham acesso à experiência PlayStation.

God of War: Ascension é um dos principais títulos anunciados nesta E3. Quando o jogo será lançado no Brasil? O jogo estará disponível no mesmo dia (12 de março de 2013) em todas as Américas – inclusive no Brasil.

Qual gênero faz mais sucesso no país? Jogos de esportes, como Fifa e PES, com certeza estão entre os prediletos dos brasileiros. Os games de tiro em primeira pessoa também aparecem entre os mais cotados no país. Outro gênero que faz sucesso no Brasil é o de jogos de corrida. Eu acho que isso acontece por causa do Ayrton Senna, que foi um grande herói para os brasileiros.

Continua após a publicidade

O game Beyond: Two Souls traz a atriz Ellen Page no papel de Jodie Holmes, protagonista da trama. Você acha que o jogo vai repetir o sucesso de Heavy Rain, que é considerado um dos melhores títulos da atualidade por misturar a estética dos games à linguagem do cinema? Eu realmente acredito no impacto de Beyond: Two Souls. É um tipo diferente de game, que aposta no engajamento. Heavy Rain nos dava várias opções. Muitas pessoas jogaram o game duas ou três vezes, porque queriam saber o que aconteceria se tivessem feito escolhas diferentes em determinadas situações. Beyond: Two Souls traz o mesmo conceito. Trata-se de um jogo intenso, que não oferece um único caminho.

Assista a seguir ao vídeo de demonstração de Book of Spells:

Publicidade