Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Isso é um flerte? IA analisa conversas no WhatsApp para dar dicas amorosas

Depois de avaliar uma conversa de texto, o app Mei aponta a probabilidade, em escala de 0 a 100, de que o contato tenha interesse romântico

“A confusão era geral. No meio dela, Capitu olhou alguns instantes para o cadáver de Escobar tão fixa, tão apaixonadamente fixa, que não admira lhe saltassem algumas lágrimas poucas e caladas”. Essa foi a descrição dos gestos de Capitu feita por Bentinho, no clássico “Dom Casmurro”, de Machado de Assis. O momento narrado trata de uma das tentativas do personagem em visualizar nos trejeitos de sua amada algum indicio de que ela teria um caso com o seu amigo de infância Escobar, que havia morrido. Mesmo com outras observações, Bentinho não conseguiu uma resposta e a suspeita de traição tornou-se uma dúvida que permanece até os dias de hoje, em clássica questão da literatura brasileira.

O exemplo de Bentinho evidencia as complexidades do amor. Toda paixão possui momentos onde se torna válido interpretar as atitudes de quem se ama afim de encontrar respostas que estão além da fala ou da escrita. É com a meta de elucidar esses mistérios do amor que foi lançado um novo aplicativo de Inteligência Artificial (IA), desenvolvido para ter um “olhar” apurado para a análise de sinais românticos.

Lançado para iOS na segunda-feira 16 e disponível para Android desde setembro do ano passado, o app Mei é nomeado por seus criadores como um “assistente de relacionamento” e usa um banco de dados de milhares de conversas entre casais para estimar de forma personalizada em que ponto está o flerte entre duas pessoas. Ao custo de 9 dólares por “conselho”, o app permite que os usuários importem uma conversa do WhatsApp e façam uma previsão sobre o interesse do contato em um relacionamento romântico. Em um menu, é exibido a probabilidade, entre 0% a 100%, do flerte estar acontecendo.

O programa também fornece dicas sobre qual seria a melhor estratégia para desenvolver uma conversa com o afeto, se parece haver alguma falha na comunicação, e se há diferenças de personalidade do possível casal. O único problema é que o app, fabricado nos EUA, por ora só entende conversas em inglês.