Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Instagram atribui queda no serviço à falta de energia

Rede de compartilhamento de imagens ficou fora do ar por mais de doze horas

Por Da Redação - 1 jul 2012, 14h06

Uma forte tempestade que atingiu a costa leste nos Estados Unidos neste sábado provocou instabilidade no acesso global ao serviço de personalização de fotos Instagram, informou a empresa em um comunicado publicado no microblog Twitter. Além do aplicativo para as plataformas móveis iOS e Android, serviços como Netflix, de filmes sob demanda pela internet, e Pinterest, site de publicação de imagens, também foram afetados.

Leia mais:

Facebook incorpora recursos do Instagram à rede social

Entrevista com Mike Krieger, o brasileiro do Instagram

Publicidade

Em VEJA: conheça os brasileiros da revolução digital

De acordo com a rede, a falta de energia elétrica Virginia, nos Estados Unidos, onde ficam os servidores da Amazon – espaço de armazenamento de dados da empresa – deixou o produto inacessível a seus mais de 50 milhões de usuários, sem a possibilidade de atualizar o feed de fotos, publicar fotos ou checar mensagens. “Nenhum dado foi perdido e estamos trabalhando a noite inteira para restaurar o serviço”, avisou o Instagram na noite deste sábado.

Criado em outubro de 2010 pelo brasileiro Mike Krieger e o americano Kevin Systrom, o Instagram está disponível em nove idiomas, inclusive em português. Em abril, a rede social foi vendida para o Facebook por 1 bilhão de dólares.

Publicidade