Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Encontrada estrela mais quente que o Sol

Por Da Redação 3 dez 2009, 15h42

Astrônomos da Universidade de Manchester, no Reino Unido, anunciaram a descoberta de uma das estrelas mais quentes da galáxia, localizada pelo telescópio Hubble. Segundo os cientistas, ala é 35 vezes mais quente que o Sol, ou seja, sua temperatura gira em torno dos 200.000 graus Celsius.

Um dos cientistas da universidade britânica, Albert Zijlstra, contou que a estrela “estava escondida atrás de uma nuvem de poeira e gelo” e está na nebulosa Bug, a cerca de 35.000 anos-luz na constelação de Escorpião.

De acordo com ele, nebulosas planetárias como a Bug se formam quando estrelas que estão morrendo ejetam gás no espaço. As fotos captadas pelo hubble serão publicadas na próxima edição da revista científica Astrophysical Journal.

Morte – Segundo os cientistas, as fotos capturaram a estrela em seu momento mais quente e a partir de agora a tendência é que ela se esfrie enquanto vai morrendo. “A descoberta nos ajuda a entender como elas morrem e lentamente se transformam em gás. Isso demora milhares de anos”, disse Zijlstra.

Continua após a publicidade
Publicidade