Clique e assine a partir de 8,90/mês

Cientistas sul-coreanos criam um robô empregada doméstica

Por Da Redação - 18 jan 2010, 13h57

A robô Rose, empregada da família Jetson, acaba de ganhar sua versão na vida real. Uma equipe de cientistas sul-coreanos desenvolveu um robô que faz a limpeza da casa, coloca a roupa na máquina de lavar e esquenta a comida no microondas.

Essa empregada doméstica de última geração chama-se Mahru-z e tem aspecto humano, com uma cabeça rotatória, braços e pernas, além da visão tridimensional, para detectar as tarefas que precisa fazer, como explicou Yu Bum-Jae, o chefe do centro de robótica cognitiva do Instituto de Ciência e Tecnologia.

O instituto levou dois anos desenvolvendo Mahru-Z, que mede 1,3 metro de altura e pesa 55 quilos. Os cientistas ainda fizeram com que Mahru-Z e Marhu-M, um robô criado há mais tempo, fossem coordenados para trabalhar juntos, dividindo as tarefas.

Yu assegura que Mahru-Z é o robô mais avançado em termos de imitação de movimentos humanos. Fora as tarefas domésticas, os pesquisadores acham que também a máquina pode ser utilizada em condições difíceis e perigosas para os seres humanos. Sua fabricação em série, porém, ainda não é viável. O instituto científico gasta aproximadamente 3,5 milhões de dólares anuais na pesquisa sobre robótica.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade