Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vírus Ebola mata garota de 12 anos na Uganda

Extremamente fatal, vírus pode matar até 90% dos infectados

A morte de uma garota de 12 anos infectada pelo vírus Ebola foi anunciada neste sábado por autoridades de saúde da Uganda, na África. A menina morreu no dia 6 de maio, no distrito de Luwero, que fica 75 quilômetros ao norte da capital, Kampala. É o primeiro surto do vírus Ebola no país em quatro anos.

Segundo o próprio governo da Uganda, são esperados mais casos, já que a menina teve contato com pelo menos 33 pessoas. A última vez que houve um surto da doença no país, 37 pessoas morreram.

O vírus Ebola é extremamente mortal, e dependendo da variante, pode matar até 90% das pessoas infectadas. Um aperto de mãos é suficiente para transmiti-lo. De acordo com autoridades de saúde da Uganda, a variante do vírus que matou a menina tem uma mortalidade entre 50 e 60%.

Carne de macaco – O governo da Uganda está pedindo aos cidadãos que evitem comer carne de macaco (a carne contaminada é uma fonte primária do vírus), e que não realizem velórios e sim enterrem imediatamente os corpos.

Entre os sintomas iniciais da doença está o aparecimento súbito de febre, fraqueza, dores musculares, dores de cabeça e inflamação da garganta. É seguido por vômito, diarréia intensa, erupções de pele, comprometimento dos rins e do fígado e hemorragia interna e externa.

Além dos humanos, gorilas também podem ser atingidos pelo vírus, que ganhou o nome por causa do Rio Ebola, na República Democrática do Congo. Foi na região do rio que o vírus foi reconhecido pela primeira vez, em 1976.

(Com Reuters)