Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vacinação contra a gripe é prorrogada até 10 de maio

Campanha do Ministério da Saúde, que deveria acabar nesta sexta-feira, ainda não alcançou a meta de imunizar 31,3 milhões de pessoas do grupo prioritário

A campanha nacional de vacinação contra a gripe, que começou no último dia 15 e deveria ser encerrada nesta sexta-feira, foi adiada para 10 de maio. A prorrogação foi necessária porque o Ministério da Saúde não atingiu a meta de imunizar pelo menos 80% do público-alvo da campanha, formado por pessoas com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, profissionais de saúde, presidiários, mulheres que tiveram um bebê nos últimos 45 dias e portadores de alguma doença crônica.

Leia também:

Gripe suína já causou duas mortes no interior de SP

Segundo o Ministério, até esta quarta-feira, foram imunizadas 14,9 milhões de pessoas, cerca de 40% do público-alvo. O objetivo da campanha é vacinar 31,3 milhões de indivíduos que fazem parte do grupo prioritário e 39,2 milhões de pessoas ao todo.

Com a campanha, o Ministério da Saúde pretende reduzir as complicações, internações e óbitos provocados por infecções da gripe. Neste ano, serão distribuídas 43 milhões de doses, que protegerão contra os três subtipos do vírus que mais circularam no último inverno: influenza B, H1N1 e H3N2.