Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

SP anuncia fase de transição e libera comércio e atividades religiosas

Lojas e cultos poderão ser retomados, com restrições, a partir de domingo, 18; no próximo sábado, 24, outros serviços poderão funcionar gradualmente

Por Giulia Vidale Atualizado em 16 abr 2021, 19h48 - Publicado em 16 abr 2021, 13h19

O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira, 16, o início de uma nova fase do Plano São Paulo. Chamada de fase de transição, ela consiste na reabertura gradual de atividades que não poderiam funcionar na fase vermelha, como comércios e serviços.

Essa etapa terá duração de 15 dias. A partir de domingo, 18, comércios e atividade religiosas poderão voltar a funcionar em horário e com capacidade reduzidos. No próximo sábado , 24, estão liberados restaurantes, salões de beleza e academias, com as mesmas regras.

LEIA TAMBÉM: O dilema das escolas diante da Covid-19

O horário de funcionamento de atividades comerciais como lojas de rua e shopping só é permitido das 11h às 19h, assim como de restaurantes e salões de beleza. As academias podem abrir das 7h às 11h e das 15h às 19h. A capacidade máxima de ocupação em todos estes locais permitida é de 25%. O toque de recolher das 20h às 5h está mantido.

As regras foram alteradas após melhora nos índices da pandemia no estado, como queda nas internações. Até esta sexta, 2.722.077 casos e 87.326 óbitos pela Covid-19 foram confirmados no estado de São Paulo. Atualmente, a taxa de ocupação das unidades de terapia intensiva estão em 85,3% no estado em geral e 83,3% na grande São Paulo. No início do mês, em 1º de abril, o índice de ocupação no estado era de 92,3%.

Continua após a publicidade
Publicidade