Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Os dez grupos prioritários mais vacinados contra a Covid-19 no Brasil

Trabalhadores da saúde e pessoas de 70 a 74 anos estão à frente. Em relação à primeira dose, os portadores de comorbidades ocupam o segundo lugar

Por Matheus Deccache Atualizado em 16 jun 2021, 18h24 - Publicado em 16 jun 2021, 18h22

A campanha de vacinação segue caminhando a passos lentos no Brasil. Das mais de 110,1 milhões de doses disponíveis, 82,7 milhões foram aplicadas, o equivalente a 75% já injetadas nos braços dos brasileiros. Atualmente, a maioria dos municípios estão finalizando a vacinação de grupos prioritários e iniciando a imunização da população geral.  

Dos 29 grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde, os trabalhadores da área da saúde são os mais vacinados, com mais de 5 milhões de segundas doses aplicadas, seguido pelas pessoas com faixas etárias específicas — de 70 a 74 anos e de 65 a 69 anos. Além deles, pessoas com mais de 80 anos e pessoas de 75 a 79 anos completam os cinco primeiros grupos que mais receberam segundas doses em todo o território nacional. Em relação à primeira dose, o grupo dos portadores de comorbidades, um dos mais recentes, está em segundo lugar, com 8.875.349 aplicações, ficando atrás apenas dos homens e mulheres dos 60 aos 64 anos. Até o momento, 24.078.091 de doses referentes à segunda aplicação foram administradas.  Os dados foram atualizados até a última quarta feira, 16. 

Confira a seguir a porcentagem de segunda dose aplicada dos 10 maiores grupos prioritários: 

Trabalhadores da saúde: 20,9% 

Pessoas de 70 a 74 anos: 17,2%  

Pessoas de 65 a 69 anos: 15,3% 

Pessoas de 80 anos ou mais: 14,2%  

Continua após a publicidade

Pessoas de 75 a 79 anos: 12%  

Pessoas de 60 a 64 anos: 5,2% 

Pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas: 1,7%  

Indígenas: 1,02%  

Trabalhadores da educação de nível básico: 1,01%  

Comorbidades: 0,8% 

Confira o avanço da vacinação no Brasil:

Continua após a publicidade
Publicidade