Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Número de pessoas com demência vai triplicar até 2050

Segundo associação, 44 milhões de indivíduos sofrem com a doença atualmente

A ocorrência mundial de demência aumentou em 22% nos últimos três anos, e o problema já atinge 44 milhões de pessoas, revela um estudo da Alzheimer Disease International, grupo que reúne associações do mundo todo dedicadas a estudar a doença. Segundo o relatório, que foi divulgado nesta quinta-feira, esse número triplicará até 2050, passando para 135 milhões de indivíduos.

“É uma epidemia mundial, e só vai piorar. Se olharmos para o futuro, veremos que o número de pessoas idosas vai aumentar de forma significativa”, diz Marc Wortmann, diretor executivo da Alzheimer Disease International. “É essencial que a Organização Mundial de Saúde faça da demência uma prioridade para que o mundo se prepare para enfrentar esta situação”.

A demência é uma das principais causas da disfunção cognitiva, e consiste na diminuição progressiva de funções mentais como o raciocínio e a memória. A forma mais comum de demência é a doença de Alzheimer.

(Com AFP)