Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Município do Rio de Janeiro zera ocupação de leitos de UTI para Covid-19

Três últimos pacientes internados com a doença em Quissamã tiveram alta no último domingo

Por Simone Blanes 12 out 2021, 17h34

O município de Quissamã, no Rio de Janeiro, zerou a ocupação de leitos de enfermaria de UTI destinados a pacientes com a Covid-19. De acordo com a prefeitura da cidade localizada no norte do estado, esta é a primeira vez em que não há pessoas internadas pela doença desde o início da pandemia no Brasil, em março de 2020. Os últimos três pacientes internados receberam alta no último domingo, 10.

Além de zerar as internações pela doença, o município completou as primeiras 24 horas sem apresentar novos casos confirmados da Covid-19. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os números positivos vêm da vacinação em massa e do engajamento das diversas secretarias municipais e servidores de saúde do município no enfrentamento da pandemia. “O entendimento da população quanto aos cuidados para evitar o contágio foram fundamentais. Embora o coronavírus e a pandemia ainda sejam realidade e não haja possibilidade de relaxar com os cuidados, zerar o número de internações é um marco”, declarou o órgão municipal.

Com 25.535 habitantes, Quissamã contabiliza 18.856 pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina, cerca de 73,8%. Dados da prefeitura mostram ainda que 31,5% da população completou o esquema vacinal, com 8.048 pessoas já tendo recebido a segunda dose, e a dose de reforço, aplicada em 79 habitantes, segundo o último levantamento.

Publicidade