Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

MG é o 3º estado a confirmar infecção pela variante identificada na Índia

O paciente é um homem, que testou positivo após retornar da Índia; ele desembarcou em Guarulhos e foi de carro até Juiz de Fora, onde mora

Por Giulia Vidale Atualizado em 28 Maio 2021, 12h32 - Publicado em 28 Maio 2021, 11h58

A prefeitura de Juiz de Fora, cidade no interior de Minas Gerais, confirmou nesta sexta-feira, 28, um caso da variante B.1.617, identificada na Índia, em um homem que viajou ao país. Ele desembarcou no aeroporto de Guarulhos e se deslocou de carro até Juiz de Fora, onde mora. O paciente está internado em um hospital do município.

De acordo com a prefeitura, ele está sendo monitorado desde que chegou a Juiz de fora. “Tão logo os primeiros sintomas foram apresentados, foi realizado o teste pela Fundação Ezequiel Dias (FUNED) para detecção da presença do vírus e recolhimento do material biológico para exame de sequenciamento genético. Todas as medidas e protocolos de segurança sanitária foram colocados em prática e, desde então, o homem encontra-se isolado dentro do hospital.”, disse a prefeitura em nota.

Ele teve contato apenas com sua esposa, que está assintomática, em isolamento domiciliar e sendo monitorada, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais. 

Este é o oitavo caso da variante confirmado no Brasil. Os primeiros seis casos foram confirmados na semana passada, no Maranhão, em tripulantes do navio MV Shandong da Zhi. O sétimo caso foi confirmado na quarta-feira, 26, pelo Instituto Adolfo Lutz, em um morador de Campos dos Goytacazes, cidade do interior do Rio de Janeiro, que também retornou do país indiano. Até o momento, não há registro de transmissão da variante em território brasileiro.

De acordo com o Ministério da Saúde, outros dois casos suspeitos são monitorados, no Pará, e aguardam a conclusão de sequenciamento genético. “Os casos suspeitos no Distrito Federal e no Ceará foram descartados para a nova variante”, disse a pasta, em nota.

Continua após a publicidade
Publicidade