Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Maconha alivia dores causadas por neuropatias

Pacientes tinham dores causadas por neuropatias crônicas depois de um traumatismo ou de uma intervenção cirúrgica

Por Da Redação 30 ago 2010, 21h09

Os cientistas recomendaram realizar um estudo sobre a eficácia e efeitos colaterais de um tratamento com maconha a longo prazo

Fumar maconha alivia as dores provocadas por neuropatias crônicas e ajuda a dormir, concluíram cientistas canadenses, autores de um estudo publicado no jornal da Associação Médica Canadense (CMAJ). A equipe de cientistas, chefiada pelo doutor Mark A. Ware, dos departamentos de anestesia e medicina da família da Universidade McGill de Montreal, concluiu que a canabis é bem tolerada pelos pacientes e melhora sua moral, acrescentou o estudo.

A pesquisa foi realizada com 21 adultos que sofriam de dores causadas por neuropatias crônicas depois de um traumatismo ou de uma intervenção cirúrgica. Cada um fumou, com intervalos de nove dias, três doses diferentes de maconha, bem como um placebo. Observou-se que a dose mais forte do princípio ativo da canabis – 25 mg de tetrahidrocanabinol a 9,4% -, fumada três vezes ao dia durante cinco dias produziu efeitos benéficos mais notáveis.

Os cientistas recomendaram realizar um estudo sobre a eficácia e eventuais efeitos colaterais de um tratamento com maconha a longo prazo. As doses usadas no trabalho atual são muito menores das que em geral consomem aqueles que fumam maconha recreativamente.

Continua após a publicidade
Publicidade