Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Fase emergencial passa a valer em todo o estado de São Paulo nesta segunda

Confira o que pode e o que não pode funcionar no período; toque de recolher agora será das 20h às 5h

Por Da Redação Atualizado em 16 mar 2021, 18h55 - Publicado em 15 mar 2021, 08h48

Passa a vigorar, a partir desta segunda-feira, 15, em todo o estado de São Paulo, a fase emergencial do Plano SP, que prevê medidas mais rígidas do que a faixa vermelha, adotada anteriormente. As novas regras devem valer até o dia 30 deste mês e foram implantadas após o aumento nas curvas de casos e mortes por Covid-19 e a lotação nas UTIs em diversas cidades.

Nesta fase, estão suspensas atividades religiosas como cultos e missas, além de eventos esportivos, como jogos de futebol. Fica proibido também o uso de parques e praias em todo o estado e o toque de recolher passa a valer a partir das 20h até as 5h. Lojas de material de construção também não poderão abrir.

LEIA TAMBÉM: O vírus da Covid-19 poderia sobreviver até nos esgotos?

O governo de João Doria também baixou a recomendação para um escalonamento no horário de entrada dos trabalhadores da indústria, serviços e comércios para evitar aglomerações no transporte público, que segue operando normalmente. Além disso, o home office passa a ser obrigatório para todas as atividades administrativas não essenciais.

Em relação à rede estadual de ensino, os recessos de abril e outubro serão antecipados. As escolas ficarão abertas apenas para oferta de merenda. Na capital paulista, a prefeitura suspendeu as aulas presenciais do dia 17 até 1º de abril. Já os colégios privados não deverão receber alunos presencialmente.

Continua após a publicidade

Publicidade