Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Espanha confirma 1ª transmissão de ebola fora da África

Enfermeira de 44 anos tratou em hospital em Madri de dois missionários que contraíram a doença em viagem ao continente africano

Por Da Redação 6 out 2014, 17h02

Uma enfermeira espanhola de 44 anos contraiu ebola em Madri, anunciou nesta segunda-feira Ana Mato, ministra da Saúde da Espanha. A paciente é funcionária do hospital Carlos III, onde foram tratados dois missionários que contraíram a doença na África. Esse é o primeiro caso de transmissão de ebola fora da África.

A enfermeira saiu de férias no dia seguinte em que um dos missionários morreu, em 26 de setembro, e começou a se sentir mal quatro dias depois. Nesta manhã, deu entrada no hospital em que trabalha com febre alta. Os resultados positivos dos exames de diagnóstico de ebola foram confirmados no fim da tarde e, de acordo com a ministra, a condição de saúde da enfermeira é estável.

Leia também:

Cinegrafista que contraiu ebola na Libéria chega aos EUA

Continua após a publicidade

Risco de ebola chegar à França e à Grã-Bretanha é alto, diz estudo

Estados Unidos confirmam primeiro caso de ebola no país

As autoridades informaram que um protocolo de emergência foi acionado e a fonte de contágio está sendo investigada. Além disso, está sendo feito um estudo para identificar todas as pessoas que tiveram contato com a mulher.

Ebola no mundo – O vírus ebola matou 3 439 pessoas no oeste da África, de um total de 7 478 casos registrados em cinco países (Serra Leoa, Guiné, Libéria, Nigéria e Senegal), segundo o último balanço da Organização Mundial de Saúde (OMS), realizado até 1.º de outubro. O número de casos pode crescer exponencialmente, com mais de 20 000 infectados até o começo de novembro, se novas medidas não forem adotadas para conter o vírus.

(Com Reuters e AFP)

Continua após a publicidade

Publicidade