Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Em treze anos, mortes por malária no mundo caíram pela metade

Mortalidade provocada pela doença foi 47% menor em 2013 do que em 2000, segundo dados da OMS

Por Da Redação 9 dez 2014, 10h21

O número de mortes provocadas pela malária no mundo caiu pela metade desde 2000, segundo dados divulgados nesta terça-feira pela Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com o órgão, a mortalidade global pela doença foi 47% menor em 2013 em relação ao ano de 2000 – apenas na África, essa queda foi de 54%. Isso significa que, ao longo desse período, 4,7 milhões de vidas foram salvas.

Saiba mais

MALÁRIA

Doença causada pela infecção dos glóbulos vermelhos humanos por quatro espécies do parasita unicelular Plasmodium: Plasmodium vivax, Plasmodium ovale, Plasmodium malarie e Plasmodium falciparum. Até 500 milhões de pessoas podem estar infectadas atualmente no mundo, causando a morte de pelo menos 1 milhão de pessoas anualmente.

“Esses são os melhores resultados que tivemos e uma notícia maravilhosa para a saúde pública”, disse Pedro Alonso, diretor do programa mundial da OMS contra a malária, em coletiva de imprensa realizada em Genebra.

Leia também:

Resistência a medicamentos contra malária cresce em países da Ásia

Continua após a publicidade

Mosquito transmissor da malária sente melhor o odor de humanos à noite

Segundo a organização, houve 198 milhões de casos de malária no mundo no ano passado e 584 000 mortes pela doença. Cerca de 90% da mortalidade de 2013 foi registrada na África, e 78% das mortes ocorreram entre crianças menores de 5 anos. Os números fazem parte do relatório anual sobre malária, que contém dados de 97 países.

A OMS considera que a queda de mortalidade por malária na África é explicada principalmente pela melhor aplicação de medidas preventivas na região, como ampliar o acesso a mosquiteiros impregnados com inseticidas. Em 2004 apenas 3% da população de risco tinha acesso a esses mosquiteiros, contra quase 50% em 2013.

Ainda de acordo com o documento, o Brasil teve 179 340 casos de malária em 2013 e 41 mortes pela doença – metade do total registrado no continente americano naquele ano. A OMS considera que o Brasil é um dos países que conseguirá reduzir em 75% a mortalidade pela doença entre 2000 e 2015.

(Com AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade