Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dengue já causou sete mortes na cidade de Jaú em 2014

Município do interior de São Paulo é mais uma a viver epidemia de dengue. Desde janeiro, mais de 3.000 casos da doença foram confirmados

Além de Campinas, outro município do interior do Estado de São Paulo vive uma epidemia de dengue. Em Jaú, foram notificados 3.056 casos da doença e confirmadas sete mortes por dengue desde janeiro deste ano.

Entre os doentes, estão 85 funcionários da Santa Casa de Jaú, incluindo 25 médicos, que deixaram o serviço para se tratar, em alguns casos, da forma hemorrágica da doença. O hospital, que é referência em doze municípios da região, sente efeitos da epidemia, que desfalcou o corpo de médicos e enfermeiros e aumentou os gastos com pessoal. De acordo com o centro médico, o afastamento dos funcionários obrigou a sobrecarga de outros profissionais, que tiveram de trabalhar horas extras para suprir a falta dos colegas, causando um ônus de 64.000 reais.

“Além disso, o nosso pronto-socorro, que geralmente atende cerca de 350 pessoas por dia, está atendendo 500 doentes por dia, por causa da epidemia”, afirma o chefe do pronto-socorro da Santa Casa, João Carlos Miranda de Almeida Prado. Segundo ele, a situação é inédita. “Uma situação como essa nunca foi vista antes. Jaú vive uma grande epidemia de dengue, que realmente conturbou os atendimentos no pronto-socorro e no hospital de um modo geral”, disse.

Leia também:

Risco de dengue: a culpa é dos governos municipais

Brasil tem 1.046 cidades em situação de risco ou alerta para surto de dengue

A Prefeitura da cidade informou que está atuando em vários bairros da cidade com os trabalhos de bloqueio de controle de criadouros e também de nebulização. Segundo a Secretaria de Saúde, ainda há 174 pessoas que aguardam resultado do exame para dengue. Outras 190 receberam resultado negativo.

Estado – O número de casos de dengue em Jaú neste ano está próximo do registrado pela cidade de São Paulo. Entre janeiro e abril, a capital notificou 3.730 casos da doença – 42,5% a mais do que em todo o ano de 2013. A cidade confirmou uma morte por dengue até agora.

Campinas, também no interior de São Paulo, vive a maior epidemia de dengue de sua história. Nos quatro primeiros meses deste ano, foram registrados 17.100 casos da doença – 145% a mais do que em 2013. Dois óbitos causados pela dengue foram confirmados pela Secretaria de Saúde da cidade.

(Com Estadão Conteúdo)