Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Brasileiros desconhecem causa de AVC

Por Da Redação - 23 maio 2012, 16h05

Por AE

São Paulo – Uma das principais causas de acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico, provocado pelo bloqueio de um vaso sanguíneo ou artéria, é desconhecida para mais de 70% da população brasileira. A fibrilação atrial (FA), a forma mais comum de arritmia cardíaca, é responsável por um em cada cinco derrames, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

Cerca de 1,5 milhão de brasileiros sofrem com o problema, que é caracterizado pela contração irregular dos átrios proporcionando um ritmo descompassado do batimento cardíaco. �Os pacientes com fibrilação atrial têm cinco vezes mais chances de ter um AVC�, afirma Ricardo Pavanello, supervisor de Cardiologia do Hospital do Coração (Hcor).

Além disso, pacientes que têm fibrilação atrial sofrem com lesões cerebrais e sequelas mais severas caso tenham um AVC. Silenciosa, segundo o cardiologista Jadelson Andrade, presidente da SBC, a FA pode apresentar alguns sintomas, como falta de ar, desmaios, tontura e dor no peito.

Publicidade

Algumas doenças podem predispor à fibrilação atrial. �Hipertensão, doença arterial coronariana, insuficiência cardíaca, doença valvar cardíaca, doenças cardíacas congênitas, doença pulmonar crônica, hipertireoidismo, infecções, após cirurgia cardíaca�, lista Pavanello. Além disso, a arritmia pode ser provocada pela ingestão de álcool e outras drogas. As informações são do Jornal da Tarde.

AE

Publicidade