Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Benefícios do jejum intermitente vão além da perda de peso

Estudo afirma que uma das dietas mais famosas dos últimos tempos pode prevenir doenças cardiovasculares

Por Da Redação Atualizado em 21 mar 2018, 19h50 - Publicado em 21 mar 2018, 19h24

O jejum intermitente oferecem benefícios para a saúde que vão além da perda de peso. De acordo com um estudo publicado recentemente no periódico científico British Journal of Nutrition, a dieta reduz as taxas de gordura no sangue e diminui a pressão arterial, o que contribui para a prevenção de doenças cardiovasculares.

Para chegar a essa conclusão, pesquisadores da Universidade de Surrey, na Inglaterra, analisaram o impacto da dieta 5:2 – que consiste em comer normalmente cinco vezes por semana e ter uma alimentação muito restritiva duas vezes – na capacidade de metabolismo do corpo e na predisposição do organismo limpar a gordura e a glicose após uma refeição, em comparação com as dietas convencionais.

  • O estudo

    Participaram do estudo 27 pessoas, que foram divididas em dois grupos que deveriam seguir a dieta 5:2 ou uma dieta diária de restrição calórica. Os indivíduos sob a dieta 5:2 comiam normalmente por cinco dias e nos dois dias de jejum consumiam 600 calorias. Já aqueles na dieta diária foram aconselhados a reduzir as calorias diárias: as mulheres ingeriram cerca de 1400 calorias, e os homens, aproximadamente 1900 calorias/dia.

    O objetivo inicial do estudo era avaliar como o jejum intermitente pode alterar a capacidade de metabolização de gordura e açúcares do organismo. Mas os resultados mostraram que em 59 dias, o grupo que seguiu o jejum intermitente perdeu pelo menos 5% do peso e diminuiu em 9% os índices da pressão arterial. Já os voluntários que cumpriram a dieta com menos calorias diárias precisaram de 73 dias para perder a mesma quantidade de peso e diminuíram a pressão arterial em apenas 2% no final de todo o processo.

    Outra descoberta feita pelos cientistas foi a redução das taxas de gordura no sangue, que diminuíram mais rápido nos participantes que seguiram a dieta 5:2 em relação aos voluntários que fizeram a segunda dieta.

  • Benefício cardiovascular

    De acordo com Rona Antoni, pesquisadora do departamento de Metabolismo Nutricional da Universidade de Surrey, a dieta 5:2 pode, por exemplo, ajudar a prevenir doenças cardiovasculares, já que é capaz de reduzir, em um curto período de tempo, as taxas de gordura no sangue, além da pressão arterial.

    No entanto, Rona ressalta que o jejum intermitente não é para todos os tipos de pessoas. Inclusive, cinco dos voluntários da dieta 5:2 desistiram do processo no meio do caminho. “A chave para o sucesso de uma dieta é encontrar aquela que possa ser sustentada a longo prazo”, afirmou.

    Continua após a publicidade
    Publicidade