Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ANS autoriza reajuste de até 10,8% para planos antigos

Índices valem para as operadoras Amil, SulAmérica, Bradesco e Itauseg, que podem aumentar valores até junho do próximo ano

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou na terça-feira os índices máximos de reajustes para planos de saúde individuais antigos, firmados antes de 1998, de quatro operadoras – Amil, SulAmérica, Bradesco e Itauseg.

O teto foi fixado em 9,95% para a Amil Assistência Médica Internacional e em 10,79% para as seguradoras SulAmérica, Bradesco e Itauseg. O período de reajuste é de julho de 2014 a junho de 2015.

A elevação vale apenas para essas quatro operadoras, que possuem Termos de Compromisso (TC) sobre cláusulas de reajuste. No total, o número de beneficiários é de 353.999, o que corresponde a menos de 1% da quantidade de usuários de planos de saúde no Brasil.

Segundo a ANS, será permitida a cobrança retroativa de até dois meses, caso haja defasagem entre a aplicação do reajuste e a data do contrato.

Leia também:

ANS suspende venda de planos de seis operadoras

Total de usuários de planos de saúde cresce 4,7% em um ano no Brasil