Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Veja Essa: Paulo Guedes, Lula e Milton Nascimento

As frases da semana

Por Lizia Bydlowski - 27 set 2019, 06h55

Com o tempo você compreende que aquilo é um método. (…) Precisa dar carne aos leões todos os dias.

RODRIGO MAIA, presidente da Câmara, que aprendeu a relevar as postagens dos filhos de Jair Bolsonaro, depois de penar com o que lia: “Eu sofria, ficava sem dormir”

Os economistas do Orçamento são escravos de constituintes defuntos.

PAULO GUEDES, ministro da Economia, sobre a destinação obrigatória de verbas, aprovada na Constituição de 1988, que consome hoje quase todos os recursos do governo

Ninguém gosta de lambe-botas.

LULA, em entrevista na prisão, comentando os rapapés de Jair Bolsonaro ao presidente americano Donald Trump

Eu pergunto: o senhor não reconhece a minha família? Eu sou doente?

FABIANO CONTARATO, senador (Rede-ES) homossexual, confrontando Augusto Aras, indicado para a Procuradoria-Geral da República. Aras subscreveu carta de uma entidade evangélica que só reconhece casamentos entre homem e mulher e recomenda a cura gay. Ele disse que havia assinado sem ler e que “compreende todos os fenômenos sociais e humanos”

O Brasil voltou a ser um país da família.

DAMARES ALVES, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, em discurso na Cúpula da Demografia, congresso de defesa do conservadorismo, em Budapeste

Me dá pena pelo Brasil.

MICHELLE BACHELET, chefe do Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos, após referência desabonadora de Jair Bolsonaro ao pai dela, torturado e morto pela ditadura de Augusto Pinochet

Ecossistemas estão mudando, cadeias alimentares estão mudando, o volume de peixes está mudando, e essa turbulência está afetando os seres humanos.

HANS-OTTO PöRTNER, biólogo alemão, comentando um relatório da ONU sobre as graves consequências das mudanças climáticas nos oceanos
GC Images/Getty Images

Nossa família sente na pele quanto a audiência é atraída por programas que mostram pessoas de verdade sendo elas mesmas.

KIM KARDASHIAN, celebridade profissional, que participa de um reality show familiar onde em que cada cena é milimetricamente planejada. A plateia caiu na risada e as redes sociais explodiram em piadas

Banksy é o gênio das jogadas, o gênio do marketing.

HUW LOUGHER, marchand e colecionador das obras do artista, que nunca se deixou identificar e que já destruiu um desenho seu, a distância, no fim de um leilão. Ao que parece, ele agora prega outra peça: um quadro de 2009, que será leiloado em outubro e deve alcançar 2 milhões de dólares, apresenta modificações em relação ao original

É uma grande pena.

PETER FANKHAUSER, CEO da Thomas Cook, operadora de turismo britânica de 178 anos que faliu, deixando 150 000 pessoas no exterior sem ter como voltar para casa. O governo precisou organizar o que foi definido como “a maior repatriação de civis desde a II Guerra”

Abri uma caixa de Pandora e liberei um monstro tipo Frankenstein.

WALLY CONRON, cientista australiano, arrependendo-se de haver criado o labradoodle, misto de labrador e poodle de enorme sucesso. Segundo ele, o cão híbrido tem problemas mentais, doenças hereditárias e alta taxa de mortalidade

Tá tranquilão, estou falando pra vocês. Só não tem maconha, não. Tá difícil.

PEDRO HENRIQUE LOPES, presidiário em Sete Lagoas (MG), em 'live' no Instagram, mostrando a cela e os companheiros de prisão aos seus quase 400 seguidores. O celular foi apreendido

A música brasileira está uma m… . As letras, então, meu Deus do céu. Uma porcaria.

MILTON NASCIMENTO, músico, que aos 76 anos diz que não compõe mais, embora ainda goste de cantar

Publicado em VEJA de 2 de outubro de 2019, edição nº 2654

Publicidade